O seu lugar para falar asneiras e discutir assuntos variados
  • 1
  • 222
  • 223
  • 224
  • 225
  • 226
  • 231

 Chico Brito
  •  6129 posts
  •  12/02/2018, 14:44
     

    Avatar do usuário

    Diário Oficial da União
    Correios da um lucro do carlho, o problema é justamente aonde vai o lucro. Basicamente é um sistema judiciário que entrega cartas. Salários astronomicos no auto escalão, alto cargo de comissionados e nesta cota esquecem que a demissão voluntária gerou gastos a empresa, congelamento de selos postais, pagávamos em 2015 - 2016 preços de 2010 e 2011. Kassab é um horror, presidente não manja nada.

    A atual situação dos Correios deriva de um cabedal de empregos e péssima gestão da estatal. Até um tempo atrás entrava quem queria. Fora que o maior prejuízo é registrado no fundo previdenciário que já está sendo investigado e que semana passada deflagrou em prisões. O lucro que a empresa obtem da entrega de cartas não tem nada haver com a história.

    Em resumo, como a empresa fechará com lucro com estas putarias:
    https://www.correios.com.br/para-voce/n ... orreiospar
    Logomarca que custou 40 milhões e que possui lacunas no investimento
    Como que uma empresa que diminui o número de funcionários aumenta o número de gastos de medico ( se atente nisto)
    Daonde que saiu o investimento de 300 milhões pras Olímpiadas?
    Fundão de pensão com déficit
    http://www.correios.com.br/sobre-correi ... 172018.pdf :lolsuper:
    900 bilhões em obras e elas nem foram entregues
    Postal Saúde como cabide de empregos
    Assessor ganhando 15 mil reais
    E nem falei dos comerciais

    Com este bando de vampirão dentro da empresa é óbvio que não vai dar lucro.

     Mucamo
  •  13986 posts
  •  12/02/2018, 15:03
     

    Avatar do usuário

    Cara, para de ser lerdo.

    Correios nunca vai dar lucro.

    Além de todos os problemas logísticos e tecnológicos e de pessoal que toda empresa estatal tem ela JUSTAMENTE por ser estatal SEMPRE vai ter comissionados para dar e vender

    Sempre foi assim. Não bota a culpa no Kassab só ou em quer for.

    Empresa lixo mesmo.

     1+2=7
  •  25698 posts
  •  12/02/2018, 15:40
     

    Avatar do usuário

    Chico Brito escreveu:
    Diário Oficial da União
    Correios da um lucro do carlho, o problema é justamente aonde vai o lucro. Basicamente é um sistema judiciário que entrega cartas. Salários astronomicos no auto escalão, alto cargo de comissionados e nesta cota esquecem que a demissão voluntária gerou gastos a empresa, congelamento de selos postais, pagávamos em 2015 - 2016 preços de 2010 e 2011. Kassab é um horror, presidente não manja nada.

    A atual situação dos Correios deriva de um cabedal de empregos e péssima gestão da estatal. Até um tempo atrás entrava quem queria. Fora que o maior prejuízo é registrado no fundo previdenciário que já está sendo investigado e que semana passada deflagrou em prisões. O lucro que a empresa obtem da entrega de cartas não tem nada haver com a história.

    Em resumo, como a empresa fechará com lucro com estas putarias:
    https://www.correios.com.br/para-voce/n ... orreiospar
    Logomarca que custou 40 milhões e que possui lacunas no investimento
    Como que uma empresa que diminui o número de funcionários aumenta o número de gastos de medico ( se atente nisto)
    Daonde que saiu o investimento de 300 milhões pras Olímpiadas?
    Fundão de pensão com déficit
    http://www.correios.com.br/sobre-correi ... 172018.pdf :lolsuper:
    900 bilhões em obras e elas nem foram entregues
    Postal Saúde como cabide de empregos
    Assessor ganhando 15 mil reais
    E nem falei dos comerciais

    Com este bando de vampirão dentro da empresa é óbvio que não vai dar lucro.
    Tu acabou de explicar o porquê do Correios não dar lucro: Ser estatal.

    Estatal NUNCA vai ter lucro a longo prazo, objetivo dela é servir de cabide de empregos e troca de favores.
    Pode vir Bolsonaro, Lula ou Amoedo, não importa a índole da pessoa que está no poder, uma hora ela vai voltar ao seu estado de função natural.
    A única forma de estatal dar lucro é não sendo estatal e disputar as leis do mercado com outras empresas.

     adcd
  •  14490 posts
  •  12/02/2018, 16:00
     

    Avatar do usuário

    Fez uma ginástica mental pra no final mostrar que dá prejuízo
    songohan2, 1+2=7, Mucamo e 1 outros  isso

     Chico Brito
  •  6129 posts
  •  12/02/2018, 17:45
     

    Avatar do usuário

    :lolsuper:
    Amém

     Wand Villela
  •  11004 posts
  •  12/02/2018, 18:16
     

    Avatar do usuário

    O que acham, amiguinhos? Como patriota e cidadão de bem, estou pensando em fazer o mesmo


    Imagem

     .Kiko.
  •  19761 posts
  •  12/02/2018, 20:08
     

    Avatar do usuário

    Bolsonaro X Huck
    Brasil 12.02.18 08:52


    A Folha de S. Paulo analisou as pesquisas eleitorais e mostrou por que Luciano Huck embaralha a campanha presidencial:

    “O apresentador de TV tem potencial de crescimento sobreposto às intenções de voto de Lula em segmentos do eleitorado onde outros partidos demonstram maior dificuldade de alcance.

    Huck é apontado pelo menos uma vez por 12% dos brasileiros. Entre as mulheres de menor escolaridade, nicho dominado pelo ex-presidente, o apresentador vai a 17%, por exemplo.”

    Luciano Huck é especialmente rejeitado, por outro lado, pelos eleitores de Jair Bolsonaro:

    “As intenções de voto do grupo anti-Huck apresentam menções a Bolsonaro de até seis pontos percentuais acima da média. Entre os que apoiam o apresentador, por outro lado, Alckmin, Marina e Joaquim Barbosa se destacam.”
    Bolsonaro nega encontro com Flávio Rocha
    Economia 12.02.18 11:35


    A assessoria de Jair Bolsonaro enviou a O Antagonista uma nota em que nega informação do Estadão sobre encontro com Flávio Rocha, dono da Riachuelo, e integrantes do MBL

    “O parlamentar nunca se encontrou com integrantes do MBL, bem como o senhor Flávio Rocha.”
    Dono da Riachuelo não tem interesse em Bolsonaro
    Economia 12.02.18 12:05


    O Antagonista apurou que Flávio Rocha, dono da Riachuelo, não tem interesse algum na campanha de Jair Bolsonaro.

    O empresário teve conversas telefônicas com auxiliares do deputado, mas chegou à conclusão de que “a agenda de Bolsonaro, do ponto de vista de mercado, é completamente estatizante”.
    Economista propõe agenda liberal a Bolsonaro
    Economia 12.02.18 12:37


    O economista Paulo Guedes apresentou a Jair Bolsonaro uma agenda econômica liberal, segundo o Estadão.

    O deputado se mostra resistente a algumas das propostas, como privatização de estatais e reforma previdenciária.

    :rimbuk: :rimbuk: :rimbuk: :rimbuk: :rimbuk:

     V-Brake
  •  32547 posts
  •  12/02/2018, 20:31
     

    Avatar do usuário

    O deputado se mostra resistente a algumas das propostas, como privatização de estatais e reforma previdenciária.
    :lol:

     Don Corleone
  •  8389 posts
  •  12/02/2018, 20:54
     

    Avatar do usuário

    É claro que ele é contra. O cara se aposentou com 30 anos do exército e recebe até hoje, tudo pago pelo contribuinte.

     1+2=7
  •  25698 posts
  •  12/02/2018, 22:37
     

    Avatar do usuário

    Falei que Flávio Rocha não tinha interesse no Bolsonaro.


    Para ver como reforma é obrigatória é só observar o PMDB torrando dinheiro comprando parlamenteares para passar a reforma. Nem eles são burros de parasitar um país quebrado.

    Queria só ver o MITO sendo eleito e quebrando o país ao não passar a reforma previdenciária.
    Também queria ver qual ministro da fazenda iria querer ser mandado por um presidente que não permite autonomia.

     Wand Villela
  •  11004 posts
  •  12/02/2018, 23:22
     

    Avatar do usuário

    1+2=7 escreveu: Falei que Flávio Rocha não tinha interesse no Bolsonaro.


    Para ver como reforma é obrigatória é só observar o PMDB torrando dinheiro comprando parlamenteares para passar a reforma. Nem eles são burros de parasitar um país quebrado.

    Queria só ver o MITO sendo eleito e quebrando o país ao não passar a reforma previdenciária.
    Também queria ver qual ministro da fazenda iria querer ser mandado por um presidente que não permite autonomia.
    Bolsonaro jamais o procurou. Apenas se encontraram num evento. Toda essa ladainha já foi desmentida.

    O vice que o Bolsonaro realmente quer é o Magno Malta, mas este ainda não respondeu. Magno Malta não aceitará sem ter a certeza de vitória pois ele não se aposentará da vida pública após esta eleição, ao contrário de Bolsonaro. MM está aguardando o cenário se desenhar por completo para se decidir.

    Neguinho ainda insiste em querer discutir política baseado em Antagonista e G1. Além disso, quer ver o futuro sem sequer enxergar o presente e conhecer o passado.

     Rlim
  •  3958 posts
  •  13/02/2018, 01:39
     

    Avatar do usuário

     Muska
  •  15995 posts
  •  13/02/2018, 07:19
     

    Avatar do usuário

    Acho que essa entrevista para a Veja é antiga, não é? Foi quando ele lançou o Dr Paulo Guedes como ministro da fazenda/economia.

     Muska
  •  15995 posts
  •  13/02/2018, 07:46
     

    Avatar do usuário

    Depois dos 4:20 chorei de rir. Pela linguagem corporal, ela deu uma entregada mesmo.

     Texugo
  •  13427 posts
  •  13/02/2018, 09:40
     

    Avatar do usuário

    Wand Villela escreveu: O que acham, amiguinhos? Como patriota e cidadão de bem, estou pensando em fazer o mesmo


    Imagem
    Já achei que tivesse feito, isso combina bem com seu jeito de otário :lol:
    Giroux  isso

     Gabriel Diniz
  •  23168 posts
  •  13/02/2018, 13:13
     

    Avatar do usuário

    Sonhei ontem que o Bolsonaro fazia 60% dos votos válidos na eleição 2018 :ohnoes:

     Wand Villela
  •  11004 posts
  •  13/02/2018, 14:02
     

    Avatar do usuário

    Não será muito diferente disso caso consigam achar uma solução para conter o planejamento de fraudar as eleições com as engenhosass urnas eletrônicas comunistas.

     1+2=7
  •  25698 posts
  •  13/02/2018, 14:53
     

    Avatar do usuário

    Paulo Guedes propõe 9 ideias centrais para um governo Bolsonaro

    O economista Paulo Guedes, um dos fundadores do Instituto Millenium, ex-CEO do Ibmec e muito ligado a ideias liberais, sugeriu, de acordo com reportagem do jornal O Estado de S. Paulo na última segunda-feira (12), que um governo Jair Bolsonaro adotasse pelo menos nove ideias centrais.

    Desde o segundo semestre de 2018, Guedes é considerado um dos conselheiros mais próximos do pré-candidato à presidência da república pelo PSL. Segundo a mesma reportagem, Guedes confirmou estar mantendo “longas e frequentes conversas com Bolsonaro”, que chegariam a durar “quatro ou cinco horas”. Sua aproximação do ex-militar agrada o mercado financeiro.

    Confira abaixo os nove pontos defendidos por Guedes para uma campanha de Bolsonaro à presidência:

    1. Reforma Política: adoção de cláusula de votação em bloco, conforme programa de cada partido, para garantir a governabilidade.

    2. Reforma Fiscal: Corte efetivo de gastos, para viabilizar a queda estrutural dos juros e das despesas de rolagem da dívida pública.

    3. Previdência: Realização/ampliação da reforma do atual sistema previdenciário e criação de sistema de capitalização, com contas individuais, para novos participantes.

    4. Benefícios: Corte de privilégios do funcionalismo e fim de isenções fiscais e de empréstimos subsidiados concedidos por bancos públicos para grandes empresas.

    5. Reforma administrativa: Redução do número de ministérios, para modernização e racionalização da máquina pública.

    6. Federalismo: Fortalecimento da federação, com descentralização de recursos e atribuições do governo federal para os estados e os municípios, com o objetivo de aumentar a eficiência de políticas públicas.

    7. Banco Central: Independência de gestão e mandato de quatro anos para a diretoria não coincidente com o mandato do presidente da república.

    8. Desestatização: Privatização de estatais e concessões de serviços públicos, com uso dos recursos para reduzir dívida pública.

    9. Reforma tributária: Simplificação do sistema com redução de alíquotas e ampliação de base de tributação.

    Ainda não há informação sobre quais propostas serão efetivamente incorporadas ao plano de governo de Jair Bolsonaro.
    https://www.boletimdaliberdade.com.br/2 ... bolsonaro/

     Wand Villela
  •  11004 posts
  •  13/02/2018, 15:06
     

    Avatar do usuário

    1+2=7 escreveu:
    Paulo Guedes propõe 9 ideias centrais para um governo Bolsonaro

    O economista Paulo Guedes, um dos fundadores do Instituto Millenium, ex-CEO do Ibmec e muito ligado a ideias liberais, sugeriu, de acordo com reportagem do jornal O Estado de S. Paulo na última segunda-feira (12), que um governo Jair Bolsonaro adotasse pelo menos nove ideias centrais.

    Desde o segundo semestre de 2018, Guedes é considerado um dos conselheiros mais próximos do pré-candidato à presidência da república pelo PSL. Segundo a mesma reportagem, Guedes confirmou estar mantendo “longas e frequentes conversas com Bolsonaro”, que chegariam a durar “quatro ou cinco horas”. Sua aproximação do ex-militar agrada o mercado financeiro.

    Confira abaixo os nove pontos defendidos por Guedes para uma campanha de Bolsonaro à presidência:

    1. Reforma Política: adoção de cláusula de votação em bloco, conforme programa de cada partido, para garantir a governabilidade.

    2. Reforma Fiscal: Corte efetivo de gastos, para viabilizar a queda estrutural dos juros e das despesas de rolagem da dívida pública.

    3. Previdência: Realização/ampliação da reforma do atual sistema previdenciário e criação de sistema de capitalização, com contas individuais, para novos participantes.

    4. Benefícios: Corte de privilégios do funcionalismo e fim de isenções fiscais e de empréstimos subsidiados concedidos por bancos públicos para grandes empresas.

    5. Reforma administrativa: Redução do número de ministérios, para modernização e racionalização da máquina pública.

    6. Federalismo: Fortalecimento da federação, com descentralização de recursos e atribuições do governo federal para os estados e os municípios, com o objetivo de aumentar a eficiência de políticas públicas.

    7. Banco Central: Independência de gestão e mandato de quatro anos para a diretoria não coincidente com o mandato do presidente da república.

    8. Desestatização: Privatização de estatais e concessões de serviços públicos, com uso dos recursos para reduzir dívida pública.

    9. Reforma tributária: Simplificação do sistema com redução de alíquotas e ampliação de base de tributação.

    Ainda não há informação sobre quais propostas serão efetivamente incorporadas ao plano de governo de Jair Bolsonaro.
    https://www.boletimdaliberdade.com.br/2 ... bolsonaro/
    Top

     Wand Villela
  •  11004 posts
  •  13/02/2018, 15:08
     

    Avatar do usuário

    Mito dos Mitos já deixou claro que permitirá que os profissionais terão liberdade para colocar suas ideias em prática.

    O povo será recompensado.
    • 1
    • 222
    • 223
    • 224
    • 225
    • 226
    • 231

    MENSAGENS RECENTES

    Facebook

    https://twitter.com/nandouro/status/9639218181[…]

    Parece que a Adidas quer ficar só com o Fla[…]

    I think this might be photoshopped https://www.in[…]

    Ainda tenho certeza que o assessor de imprensa do […]



    O melhor conteúdo: seguro, estável e de fácil manutenção, desde 2012