Glorious PC gaming master race vs. dirty console gaming peasants
  • 1
  • 336
  • 337
  • 338
  • 339
  • 340

 overday
  •  19814 posts
  •  

    Avatar do usuário

    Como tirei o Switch da hibernação essa semana, resolvi terminar esse jogo que estava pela metade: Blazing Chrome. Acho que muitos aqui já conhecem, é um jogo brasileiro que é inspirado em Contra, gráficos 2D no estilo pixel art que se parecem bastante com o padrão do Contra III/Hard Corps. Acho que esse é o mais próximo que vou chegar de ter zerado um Contra na vida, pois sou péssimo nesse tipo de jogo.

    Imagem

    E como o lançamento de Streets of Rage 4 se aproxima, lembrei que só tinha terminado o primeiro da série, então já era hora de jogar o segundo e o terceiro. Eu não tenho o cartucho mas lembrei que Streets of Rage 2 está incluído no Genesis Mini, então foi uma boa hora para estrear ele. Vejo muitas pessoas falando que gosta mais do SoR 2 mas achei o primeiro melhor, na verdade o 2 é meio preguiçoso, recicla várias coisas do primeiro como chefes e algumas fases praticamente iguais. Achei mais fácil também, zerei já segunda tentativa (e só não consegui na primeira, embora tenha chegado ao último chefe, porque eu não sabia que nesse segundo jogo tinha o golpe frete frente + ataque, que deixa alguns pontos muito mais fáceis). Agora só falta o 3 e aí é esperar a chegada o 4 no dia 30 desse mês :)

    Imagem

     Paul_Andy
  •  30792 posts
  •  

    Avatar do usuário

    Imagem

    03 - tomb raider
    bom jogo consegui fazer 100% nele mas não platinei
    história bem legal larinha é foda 8.5
    fiquei meio vagabundo nesse tempo fiquei só correndo em gran turismo mas agora estou firme de volta

     Sam Fisher SC
  •  31721 posts
  •  

    Avatar do usuário

    Sudit escreveu: Uncharted 3 era graficamente fantastico, mas o jogo tinha um desenvolvimento quebrado...
    Parecia que ia engrenar, e parava...

    finalmente concordo com esse doente
    eu ainda acho U3 um jogaço prncipalmente aquela parte do navio mas é realmente cheio de umas barrigas chatas no meio

     Kar
  •  34250 posts
  •  

    Avatar do usuário

    The Division 2

    Achei a campanha uma bosta.
    A parte de grinding é lagalzinha, mas não estou com paciência para isso no momento, então só terminei a história e dropei.

    ----

    Streets of Rage 4

    Que delícia de jogo! :gamado:

     overday
  •  19814 posts
  •  

    Avatar do usuário

    Completando meu objetivo de zerar os três primeiros Streets of Rage antes de jogar o 4, terminei ontem o terceiro jogo, duas vezes: uma com o final ruim...

    Imagem

    E uma com o final verdadeiro do jogo, o final bom:

    Imagem

    Na verdade eu não zerei o Streets of Rage 3, zerei o Bare Knuckle III, a versão japonesa. Eu já havia desistido de terminar o terceiro porque achei ele muito esquisito, mas aí li que muitas das coisas estranhas que eu não havia gostado foram mudanças que a Sega fez na versão americana por alguma razão. Eu havia sentido que o jogo estava totalmente desbalanceado, muito mais difícil que os dois primeiros. Ao jogar o 3 japonês vi que esse é muito mais parecido com o padrão dos anteriores. No SoR 3 americano a Sega resolveu dificultar o jogo, tem muito mais inimigos na tela e eles têm uma barra de energia muito maior, tem inimigo normal durante a fase que tem mais HP do que os chefes dos dois primeiros jogos, ridículo. Mudaram as cores dos personagens também (Axel amarelo, Blaze cinza, etc), mudaram a história do jogo, excluíram cutscenes, censuraram algumas coisas como excluir o chefe gay e colocar calças nas inimigas que tinham as pernas de fora, enfim, cagaram geral na versão americana.

     Manjaster
  •  255 posts
  •  

    Avatar do usuário

    O ponto alto da série foi o 2, certo? Lembro do marketing absurdo que teve na época.


    Enviado do meu iPhone usando Tapatalk

     overday
  •  19814 posts
  •  

    Avatar do usuário

    Eu gosto mais do 1, mas reconheço que o 2 aprimora muitos pontos do primeiro. Normalmente o consenso é que o 2 é o melhor da trilogia.

     V-Brake
  •  38944 posts
  •  

    Avatar do usuário

    Acabei de zerar Borderlands 3 com um pessoal aqui.

    Que decepção...Isso q dá se vender pra chinês. Jogo totalmente bugado, qse 1 ano de lançamento e uma caralhada de coisas bugadas, disconexões do nada, a loja não funcionando, fora q o jogo é bem medíocre.

    Acho q de pontos positivos, o level design ficou mto bem feito e só. O jogo é ridículo de fácil, bosses bosta, qse nenhum desafio.

    Se não fossem os bugs, já daria nota 7 pro jogo, com os bugs é um nota 5 com muita bondade. Disputa ali com o 1 o pior borderlands.

     Kar
  •  34250 posts
  •  

    Avatar do usuário

    15- Halo Wars: Definitive Edition

    Imagem

    Legalzinho até, considerando as limitações de um console para jogar RTS. Obviamente não dá para comparar com um jogo supremo como StarCraft II.

    Mas as soluções encontradas são bem interessantes, me leva a pensar que seria possível adaptar o SC2 para consoles se a Blizzard quisesse, bastariam algumas adaptações e algumas simplificações.

     overday
  •  19814 posts
  •  

    Avatar do usuário

    Depois de finalmente terminar a trilogia original parti para o Streets of Rage 4. Jogo excelente, para os órfãos de beat 'em up como eu é um jogo para ficar com um sorriso no rosto do começo ao fim. Além de ser um 2D lindo (toda hora eu parava para fazer uma captura de tela) a jogabilidade é excelente e trilha sonora é a cara da série. Que jogo bom, pqp. A única "crítica" é que é meio fácil, no começo de cada fase o número de vidas retorna para 2 se estiver abaixo disso e a pontuação volta a zero (ganha novas vidas com 8 e 16 mil pontos) então na prática o jogador tem 4 a 5 vidas para passar de cada fase, e mesmo que não consiga com essas vidas pode continuar quantas vezes quiser na mesma fase. Nós jogos antigos eram 3 continues e um número fixo de vidas para o jogo todo, se perdesse todas, voltava do início. Mas tudo bem, acho que é uma forma de não afastar jogadores atuais que poderiam achar o jogo"muito difícil". E por falar em fácil, os chefes das fases estão fáceis demais, até o chefe final é muito fácil, chega a ser um pouquinho decepcionante. Decepcionante também é o próprio final, que não existe. Entre todas as fases tem umas ceninhas de história, mas quando derrota o chefe final já começam a subir os créditos, que tosco. Podia ter um finalzinho ali e tal. Mas enfim, não tira o mérito em nada, ainda é um jogaço e certamente o melhor ou um dos melhores que joguei nós últimos tempos, tem várias referências (não tão escondidas) nas fases que os fãs irão perceber :)

    Se não jogou ainda faça um favor a si mesmo e jogue.

    Imagem
    Kar, Bom Nick  isso

     Kar
  •  34250 posts
  •  

    Avatar do usuário

    Espero que vire moda trazer de volta os beat'em ups nessa pegada.

     Bom Nick
  •  23188 posts
  •  

    Avatar do usuário

    Zerei SoR também. De início não curti a arte, mas me acostumei e acabei gostando no fim. Jogo divertido, melhor ainda MP.
    Agora o Over pedindo estorinha em beat n up, bora rir (amarelão apontando)


    E Link's Awakening
    :emocao: salve Nintendo

     Rules
  •  41641 posts
  •  

    Avatar do usuário

    overday escreveu: Depois de finalmente terminar a trilogia original parti para o Streets of Rage 4. Jogo excelente, para os órfãos de beat 'em up como eu é um jogo para ficar com um sorriso no rosto do começo ao fim. Além de ser um 2D lindo (toda hora eu parava para fazer uma captura de tela) a jogabilidade é excelente e trilha sonora é a cara da série. Que jogo bom, pqp. A única "crítica" é que é meio fácil, no começo de cada fase o número de vidas retorna para 2 se estiver abaixo disso e a pontuação volta a zero (ganha novas vidas com 8 e 16 mil pontos) então na prática o jogador tem 4 a 5 vidas para passar de cada fase, e mesmo que não consiga com essas vidas pode continuar quantas vezes quiser na mesma fase. Nós jogos antigos eram 3 continues e um número fixo de vidas para o jogo todo, se perdesse todas, voltava do início. Mas tudo bem, acho que é uma forma de não afastar jogadores atuais que poderiam achar o jogo"muito difícil". E por falar em fácil, os chefes das fases estão fáceis demais, até o chefe final é muito fácil, chega a ser um pouquinho decepcionante. Decepcionante também é o próprio final, que não existe. Entre todas as fases tem umas ceninhas de história, mas quando derrota o chefe final já começam a subir os créditos, que tosco. Podia ter um finalzinho ali e tal. Mas enfim, não tira o mérito em nada, ainda é um jogaço e certamente o melhor ou um dos melhores que joguei nós últimos tempos, tem várias referências (não tão escondidas) nas fases que os fãs irão perceber :)

    Se não jogou ainda faça um favor a si mesmo e jogue.

    Imagem
    Qdo tiver por menos de 40 eu compro
    Pagar 80 num jogo de 2 horas de duração tem que ser bem burro

     overday
  •  19814 posts
  •  

    Avatar do usuário

    Rules escreveu:
    overday escreveu: Depois de finalmente terminar a trilogia original parti para o Streets of Rage 4. Jogo excelente, para os órfãos de beat 'em up como eu é um jogo para ficar com um sorriso no rosto do começo ao fim. Além de ser um 2D lindo (toda hora eu parava para fazer uma captura de tela) a jogabilidade é excelente e trilha sonora é a cara da série. Que jogo bom, pqp. A única "crítica" é que é meio fácil, no começo de cada fase o número de vidas retorna para 2 se estiver abaixo disso e a pontuação volta a zero (ganha novas vidas com 8 e 16 mil pontos) então na prática o jogador tem 4 a 5 vidas para passar de cada fase, e mesmo que não consiga com essas vidas pode continuar quantas vezes quiser na mesma fase. Nós jogos antigos eram 3 continues e um número fixo de vidas para o jogo todo, se perdesse todas, voltava do início. Mas tudo bem, acho que é uma forma de não afastar jogadores atuais que poderiam achar o jogo"muito difícil". E por falar em fácil, os chefes das fases estão fáceis demais, até o chefe final é muito fácil, chega a ser um pouquinho decepcionante. Decepcionante também é o próprio final, que não existe. Entre todas as fases tem umas ceninhas de história, mas quando derrota o chefe final já começam a subir os créditos, que tosco. Podia ter um finalzinho ali e tal. Mas enfim, não tira o mérito em nada, ainda é um jogaço e certamente o melhor ou um dos melhores que joguei nós últimos tempos, tem várias referências (não tão escondidas) nas fases que os fãs irão perceber :)

    Se não jogou ainda faça um favor a si mesmo e jogue.

    Imagem
    Qdo tiver por menos de 40 eu compro
    Pagar 80 num jogo de 2 horas de duração tem que ser bem burro
    Tem gente que gasta dinheiro com folha pra queimar, burrice maior tá pra surgir

     overday
  •  19814 posts
  •  

    Avatar do usuário

    No começo dessa madrugada terminei Final Fantasy VII Remake. Quando vi que estava chegando no final eu até diminuí um ritmo um pouco pois não queria que acabasse logo, mas cedo ou tarde o momento chega. No fim das contas fiquei com 41 horas de jogo, fazendo todas as missões secundárias, se não tivesse feito teria terminado com umas 30, o que ainda assim é uma excelente duração. Não sou fã de JRPG, faz tempo que não jogava um, e FF7 nem é meu FF favorito (gosto mais do 8), mas ainda assim não dá pra negar que o 7 é excelente e esse remake deixa ele melhor ainda, é sem dúvidas um dos melhores -- isso se não for o melhor -- jogo que eu joguei nos últimos tempos. Tenho que tirar o chapéu para a forma em que os caras da Square conseguiram "traduzir" o antigo gameplay por turnos para o atual sistema de combate. É mais orientado para a ação focando em um personagem mas em momento algum você deixa de sentir que tem o controle total sobre os três personagens e suas ações, como era no original. Ficou muito bem bolada a forma que encontraram de você poder ter acesso ao menu de opções dos dois personagens "inativos" dinamicamente durante a batalha e também de mudar o controle para qualquer um dos personagens a qualquer momento da luta com um simples toque no direcional, permite que você deixe um deles mais preparado para curar, outro para curta distância e outra para longa distância, por exemplo, e ir utilizando todos dinamicamente durante a luta, o "feeling" da estratégia nas lutas permanece igual ao original, não é como no FF15 por exemplo onde você é sempre o Noctis e os outros personagens são de apoio, aqui você está no controle de todo o time. Excelente, de tudo que tanto gostei no jogo o sistema de batalha sem dúvidas é o que mais gostei, perfeito.

    Imagem

    A história do jogo também, obviamente, não tinha como ser 100% igual. Afinal eles pegaram um trecho do jogo original, de 6 a 7 horas, e transformaram em um jogo fechado de 30 horas, então claro que deveria haver ajustes e complementos. A maior diferença é a presença daquelas sombras que são um novo tipo de inimigo que não existiam no jogo de PS1. Embora apareçam várias vezes só no final é explicado exatamente o que eles são e é revelado que são os "guardiões do destino", e aparecem para garantir que o destino não seja alterado. Nesse ponto os membros do grupo têm visões de algumas tragédias que sabemos que aconteceram no original, como a morte do Zack e da Aeris, e resolvem então derrotar esses guardiões para ter a chance de mudar esse destino. Achei uma ideia interessante para viabilizar mudanças importantes em relação ao original nos próximos capítulos tendo uma "explicação plausível" para isso, em vez de simplesmente mudar. Quando derrotam os guardiões o primeiro efeito do destino ser reescrito é o Zack ter sobrevivido ao que aconteceu no final do Crisis Core, que é algo que já havia sido sugerido nos trailers do jogo, e cujas consequencias só saberemos nos capítulos seguintes. A propósito, um parêntesis: é mostrada exatamente a mesma cena do final do Crisis Core para PSP, não digo uma cena igual com os mesmos acontecimentos, é exatamente igual, mesmos ângulos e tomadas, mesmas falas, parece que pegaram os arquivos do jogo de PSP e renderizaram em uma resolução maior, ficou muito legal para quem jogou o jogo do portátil. Pena que mudaram o dublador do Zack, eu gostava mais do anterior, mas enfim.

    Imagem

    Imagem

    Quando anunciaram o remake um dos comentários mais recorrentes era "a morte da Aeris em alta resolução vai ser muito emocionante", só que agora com o que acontece no final desse primeiro capítulo é quase certo que essa morte não acontecerá mais. Eu li entrevistas com os produtores do jogo original quando disseram que um dos protagonistas teria que morrer e que acabaram escolhendo a Aeris, de repente nesse remake eles matam algum outro protagonista, seria uma forma de manter o impacto que teve no original e a surpresa, veremos nos capítulos seguintes...

    A luta final contra o Sephiroth também é legal, é algo que no original não existia pois a saída de Midgar era uma simples saída e pronto, no remake tinham que fazer uma luta final ali. Espero que a luta final do último capítulo seja mais difícil, pois essa foi relativamente fácil.

    Imagem

    Uma pena que o jogo teve esse ano de exclusividade no PS4, queria ter jogado com os gráficos limpos e cristalinos no Xbox One X, mas tudo bem, embora meio embaçado e sem definição foi uma experiência incrível no PS4. O triste agora é saber que a segunda parte vai demorar no mínimo uns 2 ou 3 anos, estou curioso para ver como a história vai se desenrolar com o que ocorre no final dessa primeira parte.

    OBS: Eu tirei fotos da tela da TV e não capturas do próprio PS4 porque o jogo bloqueia capturas de tela e vídeos no último capítulo / final do jogo, deve ser pra tentar diminuir spoilers do fim do jogo, que é onde estão as maiores surpresas.

     Paul_Andy
  •  30792 posts
  •  

    Avatar do usuário

    Imagem

    04 - resident evil 0
    Jogão nunca tinha jogado nenhum jogo da série curti demais
    só ficou meio confuso a questão de dois personagens mas dps acostuma
    jogar em uma tv de 50 polegada q tesão q foi
    dps vou zerar o 1

     Sudit
  •  44087 posts
  •  

    Avatar do usuário

    Quero um dia ainda jogar esse RE0.

    Ele e o 6 foram os que nunca joguei.
    • 1
    • 336
    • 337
    • 338
    • 339
    • 340

    MENSAGENS RECENTES

    Uma coisa é você articular com os l[…]

    E a galinhada mono título fez 13-14 pontos […]

    Cês tão precisando conhecer umas mu[…]

    Tirando em forum, nunca conheci um torcedor desse […]



    O melhor conteúdo: seguro, estável e de fácil manutenção, desde 2012