Glorious PC gaming master race vs. dirty console gaming peasants

 No Life
  •  20505 posts
  •  

    Avatar do usuário

    Pobre Rare, chegou ao ponto de produzir o seu próprio No Man's Sky

     Mota Offspring
  •  54407 posts
  •  

    Avatar do usuário

    vim postar isso

    Imagine my shock :lol:

    Quando eu bati o olho nesse jogo já tinha visto que ia ser uma bomba, jogo focado em online desse jeito aí hoje em dia é tudo uma bosta, e ainda tem essa vibe de no man's sky

    M$ tinha que devolver a Rare pra nintendo pra eles voltarem a fazer alguns jogos que prestam

     Lavos
  •  42689 posts
  •  

    Avatar do usuário

    Não sei como alguem se interessou por essa bosta.
    Sempre me pareceu uma bosta completa. Nunca conseguiram mostrar nada de interessante no jogo.

    Acho engraçado o "Rare voltou".
    Todo mundo que fazia a Rare uma boa empresa, saiu. Rare morreu...M$ usa o nome só pra marketing msm (e já não ta valendo porra nenhuma tb)

     Alric
  •  8294 posts
  •  

    Avatar do usuário

    gamers devem ser os consumidores mais otarios que existem, conseguem cair no mesmo golpe todo ano :lol:
    só da pra perdoar um pouquinho pq a imprensa é extremamente lixosa e sempre fica chupando essas porcarias por umas regalias

     Piccolo_san
  •  44776 posts
  •  

    Avatar do usuário

    Nunca me enganou esse jogo. Todo video que eu vi dava para ver que não tinha nada demais.

     Sam Fisher SC
  •  31845 posts
  •  

    Avatar do usuário

    nem sabia q era da rare isso

     Jordanes do Mar Jônico
  •  11877 posts
  •  

    Avatar do usuário

    uma vez li um artigo polygonesco que os devs diziam que nem eles saberiam oq o jogo seria pq estavam construindo quests e interações que fossem abertas e gerassem possibilidades distintas dos diferentes '' times'' resolverem entre si, ou conjuntamente como lidar, mas que ainda iriam testar isso em larga escala ( em outras palavras, ja tava claro ali que era early access descarado)

     1+2=7
  •  28221 posts
  •  

    Avatar do usuário

    Mais incrível é como alguém se importa ainda com exclusivos de Xbox.

    Está anos luz atrás da Sony e da Nintendo em termos de planejamento, quantidade e qualidade.
    SixAxiS  isso

     Jordanes do Mar Jônico
  •  11877 posts
  •  

    Avatar do usuário

    1+2=7 escreveu: Mais incrível é como alguém se importa ainda com exclusivos de Xbox.

    Está anos luz atrás da Sony e da Nintendo em termos de planejamento, quantidade e qualidade.
    e sempre vai ser assim. Microsoft é uma empresa de software que tem uma divisão de games. Gerente de xbox no Brasil ( não tem cargo de diretor nessa divisão no Brasil) ja me disse que tudo que a divisão de games quer fazer que gera algum risco/custo alto, os heads da M$ do Core Operation dão pitaco e acabam atrapalhando

     Lavos
  •  42689 posts
  •  

    Avatar do usuário

    Jordanes do Mar Jônico escreveu:
    1+2=7 escreveu: Mais incrível é como alguém se importa ainda com exclusivos de Xbox.

    Está anos luz atrás da Sony e da Nintendo em termos de planejamento, quantidade e qualidade.
    e sempre vai ser assim. Microsoft é uma empresa de software que tem uma divisão de games. Gerente de xbox no Brasil ( não tem cargo de diretor nessa divisão no Brasil) ja me disse que tudo que a divisão de games quer fazer que gera algum risco/custo alto, os heads da M$ do Core Operation dão pitaco e acabam atrapalhando
    Isso não quer dizer muita coisa. Msm não tendo forte presença first party, M$ poderia fazer como a Sony e o trabalho dela com as second parties.
    Ou mesmo a Nintendo que tambem vem seguindo bem esse caminho.

    Outro fato é que o Phil Spencer já reconheceu esse problema (é o primeiro passo), e a TENDÊNCIA é melhorar.
    Como ele vem crescendo cada vez mais em cargo na M$...o investimento de fato deve crescer.
    Ultima entrevista q vi falando sobre isso:
    "We need to grow, and I look forward to doing that. Our ability to go create content has to be one of our strengths. We haven't always invested at the same level."

    "I think our offering is good and it is solid. I definitely hear that gamers want more. Would we love to have two-dozen more super-strong, absolutely exclusives? You bet. We do have more coming; more that are in the works that we're not talking about now."

    restante
    https://www.windowscentral.com/spencer- ... ty-studios
    Com a M$ seguindo esse esquema de "netflix" dos games. Gerar conteúdo (principalmente exclusivo) é algo absurdamente importante.

     Sudit
  •  45798 posts
  •  

    Avatar do usuário

    Rare foi politica da geladeira, avisava isso em 2004 pros caixistas e eles se negavam a ver a realidade.
    MS não comprou o estudio pelos seus profissionais e qualidade, comprou simplesmente para tirar os jogos da Nintendo, enfraquecer a concorrencia.
    EA historicamente tbm faz isso, compra estudios para matar qualquer concorrencia. Depois deixa os estudios morrerem ao natural.

    Existe a preferencia em perder dinheiro em algo que não vai se usar, do que ver esse algo crescer e conquistar o mercado.
    MS fez sua história com essa politica.

     Lavos
  •  42689 posts
  •  

    Avatar do usuário

    Sudit S2 TaeYeon escreveu: Rare foi politica da geladeira, avisava isso em 2004 pros caixistas e eles se negavam a ver a realidade.
    MS não comprou o estudio pelos seus profissionais e qualidade, comprou simplesmente para tirar os jogos da Nintendo, enfraquecer a concorrencia.
    EA historicamente tbm faz isso, compra estudios para matar qualquer concorrencia. Depois deixa os estudios morrerem ao natural.

    Existe a preferencia em perder dinheiro em algo que não vai se usar, do que ver esse algo crescer e conquistar o mercado.
    MS fez sua história com essa politica.
    Microsoft não comprou a Rare pra tirar jogos da Nintendo. Microsoft comprou a Rare pra ter jogos "estilo nintendo" no Xbox original.
    Assim como a EA comprou a Bioware pra ter jogos "estilo bioware" no seu portefólio.

    Os 2 casos foram a mesma coisa. Os cabeças saíram depois de ganhar o dinheiro da venda, com isso a empresa simplesmente perde a identidade. Mesmo se a empresa compradora não tocar na "cultura" do estúdio (o q a EA faz).

    Nos 2 casos tb, o inicio foi até bom. Mas provavelmente por projetos que já estavam encaminhados.

    Isso acontece com várias empresas, não só EA e M$. Um dos poucos casos que vi dar certo foi a venda da Nauthy Dog.

     Jordanes do Mar Jônico
  •  11877 posts
  •  

    Avatar do usuário

    Lavos escreveu:
    Jordanes do Mar Jônico escreveu:
    1+2=7 escreveu: Mais incrível é como alguém se importa ainda com exclusivos de Xbox.

    Está anos luz atrás da Sony e da Nintendo em termos de planejamento, quantidade e qualidade.
    e sempre vai ser assim. Microsoft é uma empresa de software que tem uma divisão de games. Gerente de xbox no Brasil ( não tem cargo de diretor nessa divisão no Brasil) ja me disse que tudo que a divisão de games quer fazer que gera algum risco/custo alto, os heads da M$ do Core Operation dão pitaco e acabam atrapalhando
    Isso não quer dizer muita coisa. Msm não tendo forte presença first party, M$ poderia fazer como a Sony e o trabalho dela com as second parties.
    Ou mesmo a Nintendo que tambem vem seguindo bem esse caminho.

    Outro fato é que o Phil Spencer já reconheceu esse problema (é o primeiro passo), e a TENDÊNCIA é melhorar.
    Como ele vem crescendo cada vez mais em cargo na M$...o investimento de fato deve crescer.
    Ultima entrevista q vi falando sobre isso:
    "We need to grow, and I look forward to doing that. Our ability to go create content has to be one of our strengths. We haven't always invested at the same level."

    "I think our offering is good and it is solid. I definitely hear that gamers want more. Would we love to have two-dozen more super-strong, absolutely exclusives? You bet. We do have more coming; more that are in the works that we're not talking about now."

    restante
    https://www.windowscentral.com/spencer- ... ty-studios
    Com a M$ seguindo esse esquema de "netflix" dos games. Gerar conteúdo (principalmente exclusivo) é algo absurdamente importante.

    vão gerar conteúdo sim..... :lol: :lol:

    ja falaram abertamente que o foco vai ser em GaaS, qual a chance de igualar a Sony ou mesmo a nintendo que com o Switch ta ressurgindo com jogos acima da média em consoles de mesa ?

     Rules
  •  42623 posts
  •  

    Avatar do usuário

    vilela_09 escreveu: a rare morreu no snes
    Auge da Rare foi no N64 com certa facilidade

     Jordanes do Mar Jônico
  •  11877 posts
  •  

    Avatar do usuário

    Lavos escreveu:
    Sudit S2 TaeYeon escreveu: Rare foi politica da geladeira, avisava isso em 2004 pros caixistas e eles se negavam a ver a realidade.
    MS não comprou o estudio pelos seus profissionais e qualidade, comprou simplesmente para tirar os jogos da Nintendo, enfraquecer a concorrencia.
    EA historicamente tbm faz isso, compra estudios para matar qualquer concorrencia. Depois deixa os estudios morrerem ao natural.

    Existe a preferencia em perder dinheiro em algo que não vai se usar, do que ver esse algo crescer e conquistar o mercado.
    MS fez sua história com essa politica.
    Microsoft não comprou a Rare pra tirar jogos da Nintendo. Microsoft comprou a Rare pra ter jogos "estilo nintendo" no Xbox original.
    Assim como a EA comprou a Bioware pra ter jogos "estilo bioware" no seu portefólio.

    Os 2 casos foram a mesma coisa. Os cabeças saíram depois de ganhar o dinheiro da venda, com isso a empresa simplesmente perde a identidade. Mesmo se a empresa compradora não tocar na "cultura" do estúdio (o q a EA faz).

    Nos 2 casos tb, o inicio foi até bom. Mas provavelmente por projetos que já estavam encaminhados.

    Isso acontece com várias empresas, não só EA e M$. Um dos poucos casos que vi dar certo foi a venda da Nauthy Dog.

    quando a M$ comprou a Rare, um executivo da M$ achou que tinham comprado Donkey Kong junto, só ficou sabendo que a franquia era da Nintendo durante um Tour pela Rare :lol:

     1+2=7
  •  28221 posts
  •  

    Avatar do usuário

    MS não tem capital humano e nem valor nos seus jogos.

    Qual produtor bom ela tem? Não se produz jogo bom apenas com dinheiro. Por mais que gere algum faturamento a curto prazo, a longo prazo não serve pra nada. A ponte consumidor-produto é muito frágil. Igual jogos casuais.

    Na verdade MS não tem público alvo. Tem os caras que gostam de Halo e Forza e alguns casuais que escolhem o pior console da geração.

     Mota Offspring
  •  54407 posts
  •  

    Avatar do usuário

    eu só queria de volta o meu urso de mochila com um pássado vermelho nela catando quebra cabeças e notas musicais e o esquilo de casaco mijando nas pessoas :chorar:

    M$ FDP

     Lavos
  •  42689 posts
  •  

    Avatar do usuário

    Jordanes do Mar Jônico escreveu:
    Lavos escreveu:
    Jordanes do Mar Jônico escreveu:
    1+2=7 escreveu: Mais incrível é como alguém se importa ainda com exclusivos de Xbox.

    Está anos luz atrás da Sony e da Nintendo em termos de planejamento, quantidade e qualidade.
    e sempre vai ser assim. Microsoft é uma empresa de software que tem uma divisão de games. Gerente de xbox no Brasil ( não tem cargo de diretor nessa divisão no Brasil) ja me disse que tudo que a divisão de games quer fazer que gera algum risco/custo alto, os heads da M$ do Core Operation dão pitaco e acabam atrapalhando
    Isso não quer dizer muita coisa. Msm não tendo forte presença first party, M$ poderia fazer como a Sony e o trabalho dela com as second parties.
    Ou mesmo a Nintendo que tambem vem seguindo bem esse caminho.

    Outro fato é que o Phil Spencer já reconheceu esse problema (é o primeiro passo), e a TENDÊNCIA é melhorar.
    Como ele vem crescendo cada vez mais em cargo na M$...o investimento de fato deve crescer.
    Ultima entrevista q vi falando sobre isso:
    "We need to grow, and I look forward to doing that. Our ability to go create content has to be one of our strengths. We haven't always invested at the same level."

    "I think our offering is good and it is solid. I definitely hear that gamers want more. Would we love to have two-dozen more super-strong, absolutely exclusives? You bet. We do have more coming; more that are in the works that we're not talking about now."

    restante
    https://www.windowscentral.com/spencer- ... ty-studios
    Com a M$ seguindo esse esquema de "netflix" dos games. Gerar conteúdo (principalmente exclusivo) é algo absurdamente importante.

    vão gerar conteúdo sim.....

    ja falaram abertamente que o foco vai ser em GaaS, qual a chance de igualar a Sony ou mesmo a nintendo que com o Switch ta ressurgindo com jogos acima da média em consoles de mesa ?
    Leia a entrevista. Está claro q reconheceu o problema. Se vai de fato arrumar isso é outra questão.

    MENSAGENS RECENTES

    2 horas pro jogo :ohnoes: https://www.youtube.c[…]

    Um exemplo do que quero dizer... Tem aquela entre[…]

    Pochetino é meio foda arriscar. Mas seria o[…]



    O melhor conteúdo: seguro, estável e de fácil manutenção, desde 2012