Glorious PC gaming master race vs. dirty console gaming peasants

 Jordanes do Mar Jônico
  •  11463 posts
  •  

    Legal mesmo seria pegar a cd projekt red para fazer a narrativa, arte e enredo de um jogo no universo de Starveil, de Dave Rapoza, e chamar a Bioware dos tempos e MAss Effect 2 para fazer a parte tps do combate, e a from pra fazer os combate corporal+ armas não de fogo.

    Seria o goty perfeito

     vilela_09
  •  24967 posts
  •  

    Avatar do usuário

    sonho da porra a bugthesda estar preparando uma engine nova para starfield e the elder scrolls 6 e não aquela bosta zoada que usam desde oblivion

    o combate de skyrim é tão ruim que se o modo de terceira pessoa do 6 for nível witcher 3 já vai ser um milagre :lolsuper:
    Reloaded  isso

     Jordanes do Mar Jônico
  •  11463 posts
  •  

    Deep Lying Playmaker escreveu: e o kojima?
    Ta sem moral na industria.


    Espero q ele jogue souls r breath of the wild e venha com um conceito DE GAMEPLAY, e não de estética narrativa e feeling/plot, pro proximo jogo

     Jordanes do Mar Jônico
  •  11463 posts
  •  

    vilela_09 escreveu: sonho da porra a bugthesda estar preparando uma engine nova para starfield e the elder scrolls 6 e não aquela bosta zoada que usam desde oblivion

    o combate de skyrim é tão ruim que se o modo de terceira pessoa do 6 for nível witcher 3 já vai ser um milagre :lolsuper:
    Oblivion, skyrim, elder ........tudo lixo. Podiam ter a platinum, ia ser fetch quest ainda.


    Me alegro bastante se depois de elden ring, o Deus dos gueimis fizer algo totalmente thunder cats-like dos pântanos, com seres reptilianos, atmosfera umbralina do umbral médio e furnas, e não Umbral grosso como bloodborne( melhor simulador de Exu batizado x exu não batizado que existe, tendo ainda o bonus zooamtropia).

    Serquilho 2 de um time B, com a supervisao dele, depois de Elden ring seria absurdo tbm...no intervalo até o próximo jogo.

     Kar
  •  34793 posts
  •  

    Avatar do usuário

    vilela_09 escreveu: zerei skyrim, fallout new vegas e dishonored nesses ultimos dias para se acostumar a jogar jogos em primeira pessoa que não sejam fps e tentar jogar cyberpunk, experiência horrível, já baixei dark souls para desinfetar

    preguiça monstra dos poloneses ter não fazer um modo em terceira pessoa, imersão de cu é rola
    Já jogou The Outer Worlds? Pode ser uma boa tentativa.

     vilela_09
  •  24967 posts
  •  

    Avatar do usuário

    Kar escreveu:
    vilela_09 escreveu: zerei skyrim, fallout new vegas e dishonored nesses ultimos dias para se acostumar a jogar jogos em primeira pessoa que não sejam fps e tentar jogar cyberpunk, experiência horrível, já baixei dark souls para desinfetar

    preguiça monstra dos poloneses ter não fazer um modo em terceira pessoa, imersão de cu é rola
    Já jogou The Outer Worlds? Pode ser uma boa tentativa.
    parece uma bosta, vou colocar no torrent

     Tigass
  •  18731 posts
  •  

    Avatar do usuário

    Uma pena o coop, jogo está muito bonito.

     JLucasRJ
  •  21490 posts
  •  

    Avatar do usuário

    Essa primeira foto tá maravilhosa :emocao: :emocao: :emocao: :emocao:

     BlueFox
  •  79 posts
  •  

    Aguardando um
    NPC que mate
    Aloy a pauladas, pois Aloy no primeiro jogo
    matou um parente dessa pessoa
    e que joguemos com
    esse npc.

     Deep Lying Playmaker
  •  6036 posts
  •  

    Avatar do usuário

    Comecei novamente Horizon 1, mas dessa vez de um jeito "diferente"

    Primeiro que botei no very hard. Não é a dificuldade máxima, mas é uma que traz bons desafios e não me irrita profundamente

    Segundo que customizei todo o sistema do hud, do mapa e dos waypoints

    1) Limpei o hud. Algumas informações surgem apenas em momentos apropriados. A tela está perfeita. E se preciso visualizar algo do hud a qualquer momento, só preciso passar o dedo no botão do meio do controle. Perfeito

    2) Filtrei o mapa do menu para ele não me dizer mais a localização de nenhuma main ou side quest. Então tenho que prestar atenção no diálogo e nos arredores para saber onde ir. A cada quest que recebo, retiro ela da aba "ativa", então consigo preservar a identidade da localização da quest tanto no hud quanto no mapa do menu. Nada de waypoints

    3) Logo, tirei tbm todos os waypoints. Deixo apenas a bússola para me guiar.

    Assim, certos detalhes das missões ficam mais notórios. Se tenho que montar flechas de determinado tipo, vejo quais materiais preciso nas descrições das flechas específicas, vou até o catálogo de máquinas para ver quais delas preciso destruir e daí vou num mapa limpo de main ou side quests para descobrir possíveis locais de manadas dessas máquinas. Me localizo no mapa, vendo se tenho que ir pro norte ou pro sul, fecho o menu e exploro todo o ambiente sem interrupções.

    Os detalhes importam agora. Até alguns personagens robóticos ficam menos robóticos. E obviamente presto mais atenção no enviroment. Coletar ficou bem mais legal, BEM mais legal. Tenho que saber identificar os diferentes tipos de planta, galhos, etc.

    E sempre que preciso de ajuda rápida, tenho o Focus, que só destaca justamente o necessário. Além disso, ele não quebra a imersão, já que tá totalmente ligado ao lore

    Por enquanto o jogo não me impediu de seguir jogando dessa maneira...

    Fazia tempo que não me divertia assim. Se o jogo me permitir manter toda essa customização que fiz sem travar gravemente meu progresso até o final do plot, devo dizer que Horizon vai entrar no meu top5 ever. Já gostei jogando "errado", imagina assim.

    Não sei porque não fiz isso antes

     Jordanes do Mar Jônico
  •  11463 posts
  •  

    Deep Lying Playmaker escreveu: Comecei novamente Horizon 1, mas dessa vez de um jeito "diferente"

    Primeiro que botei no very hard. Não é a dificuldade máxima, mas é uma que traz bons desafios e não me irrita profundamente

    Segundo que customizei todo o sistema do hud, do mapa e dos waypoints

    1) Limpei o hud. Algumas informações surgem apenas em momentos apropriados. A tela está perfeita. E se preciso visualizar algo do hud a qualquer momento, só preciso passar o dedo no botão do meio do controle. Perfeito

    2) Filtrei o mapa do menu para ele não me dizer mais a localização de nenhuma main ou side quest. Então tenho que prestar atenção no diálogo e nos arredores para saber onde ir. A cada quest que recebo, retiro ela da aba "ativa", então consigo preservar a identidade da localização da quest tanto no hud quanto no mapa do menu. Nada de waypoints

    3) Logo, tirei tbm todos os waypoints. Deixo apenas a bússola para me guiar.

    Assim, certos detalhes das missões ficam mais notórios. Se tenho que montar flechas de determinado tipo, vejo quais materiais preciso nas descrições das flechas específicas, vou até o catálogo de máquinas para ver quais delas preciso destruir e daí vou num mapa limpo de main ou side quests para descobrir possíveis locais de manadas dessas máquinas. Me localizo no mapa, vendo se tenho que ir pro norte ou pro sul, fecho o menu e exploro todo o ambiente sem interrupções.

    Os detalhes importam agora. Até alguns personagens robóticos ficam menos robóticos. E obviamente presto mais atenção no enviroment. Coletar ficou bem mais legal, BEM mais legal. Tenho que saber identificar os diferentes tipos de planta, galhos, etc.

    E sempre que preciso de ajuda rápida, tenho o Focus, que só destaca justamente o necessário. Além disso, ele não quebra a imersão, já que tá totalmente ligado ao lore

    Por enquanto o jogo não me impediu de seguir jogando dessa maneira...

    Fazia tempo que não me divertia assim. Se o jogo me permitir manter toda essa customização que fiz sem travar gravemente meu progresso até o final do plot, devo dizer que Horizon vai entrar no meu top5 ever. Já gostei jogando "errado", imagina assim.

    Não sei porque não fiz isso antes
    tirando a parte de montar equip de flecha, eu joguei assim. todo jogo faz diferença tirar o HUD, mas horizon é um desses que sem o hud, fica 2x mais bonito. desinstalei ele para instalar o TLOUS 2 no fds, e deu uma tristeza( do meu console nunca desinstalo driveclub, Bloodborne e PT, esse ultimo por motivos óbvios. todo o resto é passível de ser desinstalado )

     Jordanes do Mar Jônico
  •  11463 posts
  •  

    BlueFox escreveu: Aguardando um
    NPC que mate
    Aloy a pauladas, pois Aloy no primeiro jogo
    matou um parente dessa pessoa
    e que joguemos com
    esse npc.
    jogaria fácil com o Sylens, mas ele é careca, teria que colocar uns dreads pra não ficar mto diferente da experiencia visual com a Aloy

     Deep Lying Playmaker
  •  6036 posts
  •  

    Avatar do usuário

    Não é só tirar o hud, o jogo traz boas ferramentas pra customizar tudo que envolve waypoints. Dá pra realmente jogar sem ser guiado como um bebê e sem ter o progresso interrompido (como em RDR2, por exemplo).

    Tira muita a sensação de open world checklist padrão. Parece até um novo jogo
    Editado pela última vez por Deep Lying Playmaker em 30/06/2020, 19:44, em um total de 1 vez.

     Deep Lying Playmaker
  •  6036 posts
  •  

    Avatar do usuário

    Aquela side quest de achar a Arana, por exemplo, se revitaliza. O pai dela diz que ela foi para Mother's Cradle. No jogo "normal", é só ir até o waypoint. Sem nada de waypoint, inclusive no mapa do menu, (no qual as opções de customização tão bem escondidas e eu só fui reparar nisso hoje) achar a Arana foi muito gratificante. Foi na marra mesmo. E sempre tinha o Focus para ajudar.

    MENSAGENS RECENTES

    Olha quanta gente foi cancelada na comunidade Smas[…]

    miko hoje no final do streaming acabou dormindo […]

    @Farofas o Flu vai transmitir o jogo domin[…]



    O melhor conteúdo: seguro, estável e de fácil manutenção, desde 2012