Discuta as notícias e acompanhe os campeonatos do bom e velho futebol

 and
  •  24096 posts
  •  

    Avatar do usuário

    Momentos mais tarde, questionado se o Brasil mantinha a condição de favorito levantada pelo coordenador técnico Carlos Alberto Parreira antes da Copa, foi enfático:

    - Continua (com a mão na taça). Os jogadores continuam com o mesmo discurso. O Parreira foi muito feliz naquelas declarações e segue tudo igual. Estamos no quinto passo. São sete. Conversei com o Paulinho, e ele me garantiu que não tem problema nenhum com pressão. Eles estão acostumados.

    http://globoesporte.globo.com/futebol/s ... ombia.html" onclick="window.open(this.href);return false;

     Bender mlk top
  •  44086 posts
  •  

    Avatar do usuário

    Técnico manda ao inferno quem não gostou de sua conversa privada com jornalistas durante a semana e usa tom duro para afastar questionamentos sobre lado emocional

    :lol: :lol: :lol:

     cortereal
  •  19038 posts
  •  

    Avatar do usuário

    Imagem

    mas tá tudo bem
    Apollo  isso

     and
  •  24096 posts
  •  

    Avatar do usuário

    imagina se a colombia marca um gol relâmpago e mete um segundo no final do 1 tempo :lol:

     cortereal
  •  19038 posts
  •  

    Avatar do usuário

    Ele se enforca com o meião no vestiário

     Super Fofo
  •  41872 posts
  •  

    Avatar do usuário

    felipão e parreira

    que dupla

     Máximo Poderio
  •  9841 posts
  •  

    Avatar do usuário

    Tudo estrelinha que não tá com o psicológico forte. Neymar é o único que tá conseguindo lidar com a pressão. Oscar, Fred, Marcelo, Thiago Silva, Paulinho.. Tudo jogador com problema.

    Alguns pode ser a questão da idade, outros já não sei. O fato é que entrar como favoritos para eles tá sendo um problema. Na Copa das confederações não entraram como favoritos e conseguiram jogar muito melhor, mas depois disso a seleção se preocupou mais em fazer comercial do que melhorar o jogo e a tática da equipe.

    Na próxima copa essa geração deve estar no ápice. Por incrível que pareça, o craque Neto :lolsuper: já tinha essa opinião antes da copa de que essa copa seria um teste para a próxima ser o melhor momento da geração. O pessoal só tá flamando pq ele disse que o Julio César não era goleiro pro nível da seleção.. mas ainda NÃO terminou, o milagre das oitavas pode ser desmanchado por uma borboletada nas quartas (como aconteceu em 2010).

     Boné do Beira Rio
  •  960 posts
  •  

    Avatar do usuário

    imagina se sai gol com falha do thiago silva no começo do primeiro tempo


    time inteiro tem piripaque

     hugo000
  •  2004 posts
  •  

    Felipao ta certo

    A ESPN e a Folha batem na seleção por pura birra com a Globo (que sabidamente adula o time), ele tem mais é que falar grosso mesmo e ir pra cima dos críticos

    A imprensa de outros países não joga contra como a nossa imprensa joga, no Uruguai os jornalistas defenderam com unhas e dentes o bandido do suarez

     Introspectivo
  •  27210 posts
  •  

    Avatar do usuário

    hugo000 escreveu: Felipao ta certo

    A ESPN e a Folha batem na seleção por pura birra com a Globo (que sabidamente adula o time), ele tem mais é que falar grosso mesmo e ir pra cima dos críticos

    A imprensa de outros países não joga contra como a nossa imprensa joga, no Uruguai os jornalistas defenderam com unhas e dentes o bandido do suarez
    Não da pra generalizar, esses dias mesmo teve uma reportagem falando sobre o fato da imprensa holandesa bater pra caramba no tecnico mesmo com uma boa campanha do time, criticando o estilo retranqueiro do treineiro.

     Farofas
  •  173308 posts
  •  

    Avatar do usuário

    Felipão revela ter grande mágoa de Galvão Bueno: 'Ele se acha um deus'

    Imagem

    Treinador campeão com a Seleção Brasileira na Copa do Mundo de 2002, e também comandante na vergonhosa derrota por 7 a 1 para a Alemanha no último Mundial, Luiz Felipe Scolari foi o convidado do programa "No Ar com André Henning", no Esporte Interativo, desta sexta-feira. Além de abordar diversos momentos de sua vitoriosa carreira, Felipão revelou guardar uma grande mágoa de Galvão Bueno, narrador da Rede Globo.

    O técnico do penta afirmou que se recusa a conversar com o narrador, por achar injusta a avaliação dele no fatídico jogo que eliminou o Brasil da última Copa. Felipão também foi além e criticou a postura de Galvão, dizendo que ele se acha "o todo poderoso".

    "Teve um colega teu, de TV, que passou dez minutos depois do jogo apontando pra mim. Hoje eu não falo para esse senhor, no caso, o Galvão Bueno. Enquanto ele achar que é o todo poderoso, um deus, e que pode fazer aquilo que fez comigo, me jogando contra a torcida...Eu fico aqui. Cada um na sua. Eu não devo nada, cada um faz o seu trabalho e segue sua vida", disse o ex-técnico da Seleção.

    Ao comentar o 7 a 1, Scolari mais uma vez defendeu a equipe que colocou em campo para enfrentar os alemães, no Mineirão, em Belo Horizonte. "Naquele dia, nada deu certo. Nem pra mim, nem pra eles. Tem muitos jogadores daquele grupo que estão aí hoje. Nós tivemos erros naquele jogo que não errávamos nem em treino", disse.

    "Hoje, se tu ver o Kross chutar de fora da área de pé esquerdo, ele não vai fazer o gol em ninguém. Naquele dia, foram três gols em seis minutos. Quando caiu a ficha, a coisa já estava feia", completou.

    Felipão também revelou que José Maria Marin, então presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), insistiu para que o treinador seguisse no cargo após a Copa do Mundo no Brasil, mas negou a proposta. "Antes do jogo contra a Holanda (disputa pelo terceiro lugar), o Marin disse: 'Felipe, o que aconteceu foi um desastre. Tu vai ficar? Tu queres ficar?’. Eu disse que não valia a pena continuar nessa situação", contou.

    Sem clube desde o ano passado, quando deixou o comando do Guangzhou Evergrande, de China, após a conquista de seis títulos nacionais e uma Liga dos Campeões asiática, Scolari revelou ter sido procurado pelo Atlético-MG no início deste ano. Porém, o treinador conta que havia decidido se afastar do futebol quando foi contactado, mas não descarta novas conversas.

    "Atlético Mineiro me procurou. Nós conversamos uma situação dois meses atrás, mas eu disse que, antes de abril, eu não ia conversar nada. Mais tarde chegamos a conversar, mas o menino (Thiago Larghi) está trabalhando. Quem sabe no futuro, se eu ficar no Brasil e se eles quiserem, eu posso conversar de novo", comentou o treinador.

     ribs
  •  19476 posts
  •  

    Avatar do usuário

    Toma de 7 a 1
    Reclama das críticas

    Continua um verme
    Apollo  isso

     Camus.
  •  2262 posts
  •  

    Avatar do usuário

    volta!
    :emocao:

     Raimundo
  •  9750 posts
  •  

    Avatar do usuário

    Arrogância em pessoa.
    Apollo  isso

     Lakitus
  •  36653 posts
  •  

    Avatar do usuário

    ribs escreveu: Toma de 7 a 1
    Reclama das críticas

     KaMaRaO_
  •  28156 posts
  •  

    Avatar do usuário

    O cara eh um deus do futebol


    Obrigado pelo penta e a humilhação da espanha

     Ph43lz1n
  •  5472 posts
  •  

    Avatar do usuário

    Farofas escreveu: Felipão também revelou que José Maria Marin, então presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), insistiu para que o treinador seguisse no cargo após a Copa do Mundo no Brasil, mas negou a proposta. "Antes do jogo contra a Holanda (disputa pelo terceiro lugar), o Marin disse: 'Felipe, o que aconteceu foi um desastre. Tu vai ficar? Tu queres ficar?’. Eu disse que não valia a pena continuar nessa situação", contou.
    :lolsuper: :lolsuper: :lolsuper: :lolsuper: :lolsuper: :lolsuper: :lolsuper: :lolsuper:

    Pior que eu acredito que seja true mesmo.

     Apollo
  •  17924 posts
  •  

    Avatar do usuário

    Felixão eterno.

    O cara ainda critica o deus Galvao.

    Tem mais qu se foder esse fdp.

    MENSAGENS RECENTES

    Marcando Tava cada vez mais difícil aparec[…]

    As vacinas comercializadas pela Sinovac inclue[…]

    MULHER GEISY ARRUDA

    Jay-Z Arruda é um do nicks mais geniais do […]



    O melhor conteúdo: seguro, estável e de fácil manutenção, desde 2012