Discuta as notícias e acompanhe os campeonatos do bom e velho futebol

  • 1
  • 374
  • 375
  • 376
  • 377
  • 378
  • 380

 Piccolo_san
  •  45703 posts
  •  

    Avatar do usuário

    Parece que o Thiago Martins já foi adquirido pelo time japonês. Tinha visto essa notícia no twitter. O nome dele até saiu do site do Palmeiras.

     Farofas
  •  172474 posts
  •  

    Avatar do usuário

    Piccolo_san escreveu: Parece que o Thiago Martins já foi adquirido pelo time japonês. Tinha visto essa notícia no twitter. O nome dele até saiu do site do Palmeiras.
    ainda estão negociando

     Salieri
  •  25958 posts
  •  

    Avatar do usuário

    Legal o título ter ficado com um time diferente esse ano na J-League. E bora comprar o Erik e Thiago Martins, japonesada!

    Se eu fosse jogador ia ficar feliz pra caramba de trocar o Brasil pelo Japão. Além de morar num país supremo, ainda poderia me destacar bem mais facilmente dentro do campo já que o nível é mais fraco.
    Farofas  isso

     Farofas
  •  172474 posts
  •  

    Avatar do usuário

    Vissel Kobe e Kashima Antlers farão final da Copa do Imperador no Novo Estádio Nacional de Tóquio

    Imagem

    Desde a edição 2013, a final da Copa do Imperador não era disputada no mais tradicional estádio do Japão, o Estádio Nacional de Tóquio, popularmente conhecido como "Kokuritsu". O palco principal das Olimpíadas de 2020 ficou quase seis anos fechado para reforma, mas finalmente está pronto. Hoje aconteceu a cerimônia oficial de abertura do estádio, com 2.020 pessoas que foram escolhidas por sorteio correndo uma volta na pista de atletismo, além de shows dos grupos Arashi e Dreams Come True e a presença de estrelas do esporte como Kazu Miura (primeiro jogador em atividade a pisar no novo gramado); Michael Leitch, capitão da seleção japonesa de rugby; os velocistas Usain Bolt e Yoshihide Kiryu; e o próprio arquiteto do estádio, Kengo Kuma. O primeiro evento esportivo do "Shin Kokuritsu" (ou Novo Kokuritsu) será a final da Copa do Imperador no dia 1º de janeiro

    Imagem



    Hoje aconteceram as semifinais que colocaram Vissel Kobe e Kashima Antlers nessa decisão que vale vaga na Liga dos Campeões da Ásia (o Antlers, terceiro colocado na J-League, já está garantido na ACL; se vencer a copa nacional, a vaga irá para o Kawasaki Frontale, quarto colocado na J1) e encerra a temporada 2019 do futebol japonês.

    Em Kobe, o Vissel poderia ter resolvido a parada ainda no primeiro tempo. Fez o primeiro com um chute preciso de Iniesta, o segundo com Junya Tanaka e quase marcou o terceiro em um cruzamento de Iniesta que passou por todo mundo e bateu na trave. Mas a defesa do Kobe cometia erros em sequência e deixou o Shimizu voltar para o jogo em um chute de Júnior Dutra de fora da área que surpreendeu Hiroki Iikura. O goleiro do Vissel, no entanto, fez duas defesas incríveis frente a frente com Douglas, ambas em lance em que Sergi Samper errou na saída de bola. Logo depois da segunda, veio o castigo para o S-Pulse. Furuhashi recebeu de Iniesta e definiu o placar final: 3x1. Com Lukas Podolski no banco e David Villa apenas assistindo das tribunas, Iniesta foi mais uma vez protagonista e levou o Kobe para a primeira final da história do clube.

    O Kashima Antlers, por outro lado, vai disputar sua oitava final de Copa do Imperador (ganhou cinco). Assim como o Vissel, poderia ter decidido rapidamente o confronto contra o V-Varen Nagasaki, da J2. Contando com uma ajudinha da sorte, o Antlers logo abriu dois gols de vantagem. Primeiro, o chute de Misao desviou em Sho Ito e sobrou para Serginho, livre. Depois, em cobrança de falta de Léo Silva, Junki Hata tentou cortar, mas colocou para dentro do próprio gol. Mas a defesa do Kashima colaborou para deixar o V-Varen vivo até o final. Yoneda diminuiu antes do intervalo e, quando Bueno fez de cabeça o gol que parecia decidir o duelo no segundo tempo (o gol foi dado para Sho Ito, que desviou com as costas), o Nagasaki respondeu imediatamente com Sawada, depois que o chute de Goya explodiu no travessão, mas o clube de Kyushu não teve forças para buscar o empate.


    Imagem



    Semifinais da Copa do Imperador:

    21/12 - Vissel Kobe 3x1 Shimizu S-Pulse
    Noevir Stadium (22.341)
    Andrés Iniesta (13', 1x0), Junya Tanaka (33', 2x0), Júnior Dutra (38', 2x1), Kyogo Furuhashi (69', 3x1)

    21/12 - Kashima Antlers 3x2 V-Varen Nagasaki
    Kashima Soccer Stadium (15.760)
    Serginho (4', 1x0), Junki Hata (gol contra, 23', 2x0), Shunya Yoneda (37', 2x1), Sho Ito (73', 3x1), Takashi Sawada (76', 3x2)

    Final:
    01/01/2020 - Vissel Kobe x Kashima Antlers
    Novo Estádio Nacional de Tóquio

     Farofas
  •  172474 posts
  •  

    Avatar do usuário

    Kashima investindo pesado

     Lakitus
  •  36418 posts
  •  

    Avatar do usuário



    Em que isso nos impáquita, Fafs?

     Farofas
  •  172474 posts
  •  

    Avatar do usuário

    O aumento no número de estrangeiros era inevitável, ainda mais vendo que toda a Ásia caminha para esta direção. O teto salarial pode afastar os europeus da China e pode trazer o foco pra América do Sul e demais países da Ásia, em especial K-League e J-League.
    resumindo: não dou 2 anos para voltarem atrás nessa regra

     V-Brake
  •  39634 posts
  •  

    Avatar do usuário

    RIP brs querendo fazer pé de meia na China agora :lol:

    O salário ficou ridiculamente baixo pros padrões europeus e até mesmo pros times com grana no Brasil (aka Flamengo e Palmeiras).

    O q é ótimo, se é pro cara ganhar 3 milhões de euros por ano na China (250 mil euros por mês), é melhor ele continuar no Brasil. E nem o JP nem a Coreia pagam tudo isso pra jogador. Mais chances do BH ficar :chorar4:

     Piccolo_san
  •  45703 posts
  •  

    Avatar do usuário

    Não vai mudar nada. Dão um jeito de dar o restante do dinheiro como direito de imagem e bonificações. É tipo no Brasil quando dizem que um jogador ganhar 500 mil mas na verdade ganha 700 contando com esses extras.

     ¬¬'
  •  2384 posts
  •  

    Avatar do usuário

    Black Gamarra saiu da China na Hora certa. :D

     Farofas
  •  172474 posts
  •  

    Avatar do usuário

    Imagem

    Eram 20 títulos em campo. Todos do Kashima Antlers. O peso da camisa, a tradição, pendiam todos para um lado, mas só o outro time jogou futebol na decisão da Copa do Imperador que inaugurou o Novo Estádio Nacional de Tóquio hoje. Andrés Iniesta comandou uma atuação dominante do Vissel Kobe, que marcou duas vezes no primeiro tempo (um gol contra de Tomoya Inukai e outro marcado por Noriaki Fujimoto), venceu por 2x0, levantou a primeira taça da história do clube e ainda garantiu uma também inédita vaga na Liga dos Campeões da Ásia

    Imagem



    A taça do Imperador vem como prêmio de consolo para salvar a temporada do Vissel depois de mais uma decepcionante campanha na J-League, que terminou com um oitavo lugar e teve até risco de rebaixamento. Clube que mais investe em contratações no Japão, o Kobe melhorou nos últimos meses desde que o técnico alemão Thorsten Fink assumiu e começa a colher os frutos desse trabalho.

    Campanha do Vissel Kobe na Copa do Imperador:
    2ª fase: 4x0 Giravanz Kitakyushu (J3)
    3ª fase: 4x0 Omiya Ardija (J2)
    Oitavas de final: 3x2 Kawasaki Frontale (J1)
    Quartas de final: 1x0 Oita Trinita (J1)
    Semifinal: 3x1 Shimizu S-Pulse (J1)
    Final: 2x0 Kashima Antlers (J1)

    Se o Vissel está numa crescente, o Antlers vinha na direção contrária. A vaga na ACL já estava garantida com o terceiro lugar na J1 - em caso de título, o quarto colocado Kawasaki Frontale é ficaria com a quarta vaga do Japão no torneio continental. Era o último jogo do técnico Go Oiwa, no comando desde maio de 2017. Com uma considerável renovação de elenco em vista, era o fim de uma era no clube de Ibaraki.

    Imagem



    O jogo de hoje foi um exemplo de por que a diretoria decidiu não renovar com Oiwa. A começar pela típica escalação sem nenhum lateral de origem, com o zagueiro Koki Machida improvisado na esquerda e o volante Ryota Nagaki improvisado na direita, sem falar no volante Shintaro Nago na meia direita. Literalmente, eram quatro volantes e três zagueiros distribuídos no usual 4-4-2 de Oiwa. Não por acaso, o time foi engolido no primeiro tempo e o 2x0 ficou até barato.

    Os dois gols da partida aconteceram em lances bem por acaso, mas refletiram o domínio do time de Kansai. O zagueiro Tomoya Inukai teve um dia infeliz, com um gol contra no lance do primeiro e uma furada em tentativa de corte que virou assistência para Noriaki Fujimoto anotar o segundo.

    As alterações de Oiwa depois do intervalo até fizeram o Antlers ter mais controle e pressionar o adversário, mas de forma desorganizada e sem levar muito perigo à meta de Hiroki Iikura. Quando o lateral esquerdo Shuto Yamamoto entrou no lugar de Nago para fazer uma função de ala, o time passou a jogar com uma linha de três zagueiros (Bueno, Inukai e Machida), com Sho Ito como centroavante e Serginho e Shoma Doi (que tinha entrado no lugar do invisível Ryohei Shirasaki) armando pelo centro. Porém, como última alteração, Oiwa sacou Ito para colocar um meia, Atsutaka Nakamura. Não deu certo e a defesa do Vissel se segurou bem até o final, apesar de um susto ou outro.

    Iniesta foi mais uma vez o destaque do Kobe. O craque espanhol sempre dava um jeito de criar alguma coisa e se livrar da pressão dos marcadores, em grande parte por causa da impecável cobertura de Hotaru Yamaguchi, que inclusive bloqueou um chute no lance mais perigoso do Kashima na partida. Na defesa, Leo Osaki sempre aparecia na hora certa para tirar a bola. Os alas Gotoku Sakai e Daigo Nishi tiveram papel fundamental no apoio ao ataque e o centroavante Fujimoto, mesmo meio sem querer, foi decisivo nos dois gols. "Sou um menino de sorte!", gritou ele para a torcida do Vissel na entrevista pós-jogo.

    David Villa, campeão no último jogo da carreira. Antes de completar 38 anos, o atacante espanhol já havia anunciado sua decisão de encerrar a carreira ao fim desta temporada. Ele não tinha entrado em campo nenhuma vez pela Copa do Imperador, mas ficou no banco na final e entrou nos acréscimos do segundo tempo. Villa encerra a passagem pelo Japão com 29 jogos e 13 gols

    Imagem
    • 1
    • 374
    • 375
    • 376
    • 377
    • 378
    • 380

    MENSAGENS RECENTES

    NBA - 18/19 SEASON

    Agora entra em ação o script com […]

    Qual é a diferença de fazer uma merd[…]

    GOVERNO BOLSONARO

    https://twitter.com/VillaMarcovilla/status/1309554[…]



    O melhor conteúdo: seguro, estável e de fácil manutenção, desde 2012