Discuta as notícias e acompanhe os campeonatos do bom e velho futebol

  • 1
  • 375
  • 376
  • 377
  • 378
  • 379

 Farofas
  •  172211 posts
  •  

    Avatar do usuário

    AFC mandou o papo

    ñ vai ter jogo no Irã e ponto final




    quando a Conmebol tentou fazer o mesmo com mexicanos, deu um rolo danado

     Farofas
  •  172211 posts
  •  

    Avatar do usuário

    O Kashima Antlers apresentou oficialmente os reforços para 2020, com o técnico Antônio Carlos Zago, o atacante Everaldo e o meia Juan Alano

     Farofas
  •  172211 posts
  •  

    Avatar do usuário

    Surpresa no playoff da ACL: Kashima perde do Melbourne e está eliminado; FC Tokyo avança

    Imagem



    Kashima Antlers e FC Tokyo estrearam na temporada 2020 com destinos opostos. Enquanto o Tokyo fez o dever de casa, passou pelo Ceres-Negros, das Filipinas, por 2x0, e se classificou para a fase de grupos da Liga dos Campeões da Ásia, o Kashima foi surpreendido em casa pelo Melbourne Victory, perdeu por 1x0 e, pela primeira vez na história, um clube japonês é eliminado na fase prévia da competição - ao invés de disputar o torneio continental, o Antlers vai para a fase de grupos da Copa Levain, substituindo o Júbilo Iwata.

    O calendário apertado tem sido o grande adversário do Kashima nesse início de ano. Depois de disputar a final da Copa do Imperador no dia 1º de janeiro, os jogadores tiveram apenas uma semana de férias antes de se reapresentar para a pré-temporada no dia 8 e menos de três semanas para o novo técnico Antônio Carlos Zago conhecer o elenco e preparar a equipe para o playoff da AFC Champions League (ACL) em jogo único - a estreia na J-League é apenas dia 23/02.

    Zago escalou o que tinha de melhor nesse primeiro jogo oficial. Manteve o 4-4-2 do predecessor Go Oiwa com seis novos contratados entre os titulares: o lateral Rikuto Hirose (ex-Yokohama F-Marinos), o zagueiro Tatsuki Nara (ex-Kawasaki Frontale), o lateral Katsuya Nagato (ex-Vegalta Sendai), os meias Juan Alano (ex-Internacional) e Ryuji Izumi (ex-Nagoya Grampus) e o atacante Everaldo (ex-Chapecoense).

    O adversário, o Melbourne Victory, está no meio da temporada, mas faz campanha fraca na A-League, onde é apenas o oitavo colocado entre 11 times e vinha de três derrotas consecutivas. O time australiano tem alguns nomes conhecidos como o ex-Socceroo Robbie Kruse e o ex-Urawa Reds Andrew Nabbout, que foram titulares, e o sueco Ola Toivonen, que começou no banco.

    Em um primeiro tempo morno, o Kashima aos poucos tomou o controle da partida e criou as únicas chances de perigo. Everaldo se destacava fazendo o pivô e no jogo aéreo - o centroavante brasileiro cabeceou uma bola no travessão. Mas o placar do Kashima Soccer Stadium permanecia no 0x0.

    O Melbourne voltou melhor no segundo tempo e começou a atacar, até que um chute de Nabbout desviou em Nara e matou o goleiro: 1x0. A partir daí, foi pressão japonesa no resto do jogo, mas a falta de entrosamento pesou e a boa atuação do goleiro Lawrence Thomas garantiu a histórica classificação do Victory, que entra no Grupo E da ACL, junto com Beijing FC (China), Chiangrai United (Tailândia) e FC Seoul (Coreia do Sul)

    Imagem

    Na capital japonesa, o FC Tokyo teve melhor sorte em um jogo de futebol que mais parecia polo aquático de tão encharcado que estava o gramado do Ajinomoto Stadium. O Ceres-Negros, atual campeão filipino e que vinha em uma sequência de 28 jogos de invencibilidade, já havia surpreendido na fase anterior ao eliminar o Port, da Tailândia, mas não foi páreo para os Tanukis, que decidiram a parada com dois gols no segundo tempo, marcados pelo lateral Sei Muroya e pelo brasileiro Adailton, recém-contratado do Júbilo Iwata. O Tokyo entra no Grupo F da ACL, junto com Ulsan Hyundai (Coreia do Sul), Shanghai Shenhua (China) e Perth Glory (Austrália)


    layoffs da Liga dos Campeões da Ásia, Zona Oriental:

    Kashima Antlers (Japão) 0x1 Melbourne Victory (Austrália)
    Andrew Nabbout (54')

    FC Tokyo (Japão) 2x0 Ceres-Negros (Filipinas)
    Sei Muroya (48'), Adailton (89')

    FC Seoul (Coreia do Sul) 4x1 Kedah (Malásia)
    Park Chu-young (39', 1x0), Park Dong-jin (49', 2x0), Osmar Barba (gol contra, 52', 2x1), Osmar Barba (63', 3x1), Ikram Alibaev (90+2', 4x1)

    Shanghai SIPG (China) 3x0 Buriram United (Tailândia)
    Li Shenglong (75'), Marko Arnautovic (90+1'), Hulk (90+3')

     Farofas
  •  172211 posts
  •  

    Avatar do usuário

    Gol do Adailton na chamada da Globo:

     Farofas
  •  172211 posts
  •  

    Avatar do usuário

    Imagem

    Tem coisas que só acontecem no futebol japonês. Difícil achar um campeonato tão louco quanto a J.League. A Supercopa de hoje entre Yokohama F-Marinos (campeão da J1) e Vissel Kobe (campeão da Copa do Imperador), que abriu a temporada 2020, brindou o público com uma partida totalmente maluca. Dois times atacando de peito aberto em um jogo corrido que quase não deixou o torcedor respirar e terminou em 3x3 no tempo normal. Surpresa maior ainda viria na disputa de pênaltis. Os dois times acertaram as duas primeiras cobranças, mas aí foram nove (isso mesmo, nove!) pênaltis errados em sequência, até que Hotaru Yamaguchi finalmente converteu e deu o título ao Kobe.

    Imagem

    Por ser o primeiro jogo oficial da temporada, geralmente os times ainda não estão muito entrosados e costumam jogar a Supercopa em ritmo de treino, como se fosse um amistoso. Definitivamente, não foi o que aconteceu desta vez. Tanto o Yokohama do australiano Ange Postecoglou quanto o Kobe do alemão Thorsten Fink jogaram em um ritmo alucinante do início ao fim, sempre buscando o ataque. Quando a bola chegava em um dos goleiros, ele imediatamente saía jogando com algum companheiro. Quando era lateral, mal dava tempo de piscar e a bola já estava em jogo de novo. Aliás, um dos gols saiu assim, de uma cobrança rápida de lateral.

    Imagem

    Os dois times têm estilos parecidos. Não gostam de dar chutão e saem tocando a bola desde o goleiro, que faz uma função quase de líbero, jogando bem adiantado. O que por um lado favorece o futebol ofensivo, mas em várias ocasiões deixa a defesa em apuros, principalmente quando pressionada. E não foram poucos os erros defensivos hoje. Dois gols do Vissel vieram de passes errados dos zagueiros do Marinos, um de Thiago Martins que deixou Furuhashi com o gol aberto à sua frente, e outro de Makito Ito que originou o gol de Yamaguchi. O Kobe também se complicava na saída de bola. O ritmo rápido que as duas equipes impunham as deixavam mais susceptíveis a esse tipo de erro.



    Três vezes o Kobe esteve à frente no placar e três vezes o Yokohama buscou o empate. Iniesta, como sempre, jogando bem. A dupla de ataque Furuhashi e Douglas deixou seu golzinho cada um. Os alas Sakai e Nishi sempre perigosos no apoio. Vermaelen era o mais seguro na defesa. Do lado Tricolore, o ataque demorou para engrenar, mas quando encaixou, quase decidiu o jogo. O Vissel tinha sido melhor no primeiro tempo, mas o Marinos poderia ter massacrado no segundo, com inúmeras chances claras nos minutos finais. Osaki e Vermaelen tiraram em cima da linha aos 84' e aos 89', respectivamente, evitando o que seria o gol decisivo de Nakagawa. O MVP da J.League ainda perdeu duas chances frente a frente com Iikura

    Imagem

    O goleiro do Vissel, que passou a maior parte da carreira no Marinos, ainda fez mais uma defesa frente a frente com um adversário nos acréscimos, salvando o chute de Edigar Junio. Na disputa de pênaltis (não tem prorrogação na Supercopa), ele defendeu duas cobranças. Sem dúvidas o herói do primeiro título de Supercopa do Kobe, na primeira participação do clube. O Yokohama soma cinco Supercopas perdidas em cinco participações.

    Fuji Xerox Super Cup 2020
    Yokohama F-Marinos 3x3 Vissel Kobe (2x3 pênaltis)
    Saitama Stadium 2002 - Público: 51.397
    Gols: Douglas (27, 0x1), Marcos Júnior (36', 1x1), Kyogo Furuhashi (40', 1x2), Takahiro Ogihara (54', 2x2), Hotaru Yamaguchi (69', 2x3), Erik (73', 3x3)

    Disputa de pênaltis:
    Thiago Martins (Yokohama) - Gol
    Andrés Iniesta (Kobe) - Gol
    Takahiro Ogihara (Yokohama) - Gol
    Junya Tanaka (Kobe) - Gol
    Edigar Junio (Yokohama) - Defendido
    Keijiro Ogawa (Kobe) - Trave
    Kota Mizunuma (Yokohama) - Fora, por cima
    Daigo Nishi (Kobe) - Defendido
    Ken Matsubara (Yokohama) - Travessão
    Leo Osaki (Kobe) - Fora, por cima
    Takuya Wada (Yokohama) - Defendido
    Thomas Vermaelen (Kobe) - Fora, por cima
    Keita Endo (Yokohama) - Travessão
    Hotaru Yamaguchi (Kobe) - Gol

    Número de títulos da Supercopa do Japão:
    6 - Kashima Antlers (1997, 1998, 1999, 2009, 2010, 2017)
    4 - Sanfrecce Hiroshima (2008, 2013, 2014, 2016)
    3 - Tokyo Verdy (1994, 1995, 2005)
    3 - Júbilo Iwata (2000, 2003, 2004)
    2 - Gamba Osaka (2007, 2015)
    2 - Nagoya Grampus (1996, 2011)
    2 - Shimizu S-Pulse (2001, 2002)
    1 - Urawa Reds (2006)
    1 - Kashiwa Reysol (2012)
    1 - Cerezo Osaka (2018)
    1 - Kawasaki Frontale (2019)
    1 - Vissel Kobe (2020


    Imagem

    Prêmio de consolação? Pelo menos na disputa dos mascotes o Yokohama F-Marinos foi campeão! Todo ano a J.League faz uma votação com o público para escolher o mascote mais popular. E a gaivota Marinosuke, mascote do Marinos, venceu pela primeira vez. Em segundo lugar ficou a orca do Nagoya Grampus, Grampus-kun, e em terceiro o mascote do V-Varen Nagasaki, Vivi-kun. O boizinho do Vissel Kobe foi apenas o 18º colocado — Foto: @hiisan0615


    https://www.jleague.jp/mascot/2020/result/

     Farofas
  •  172211 posts
  •  

    Avatar do usuário

    OFICIAL: a AFC adia todos os jogos de equipes chinesas nas rodadas 1, 2 e 3 da Champions League da Ásia 2020 com exceção de Chiangrai United x Beijing Guoan no dia 18 de fevereiro. Na imagem os jogos e as novas datas.

    Imagem

     Farofas
  •  172211 posts
  •  

    Avatar do usuário

    e como de praxe, mais uma edição da Champions sem transmissão pro Brasil

    certa vez um executivo da FOX que trabalha com a Helô Campanholo disse que os direitos de transmissão são relativamente baratos, porém nenhum narrador quer fazer as transmissões por conta da pronuncia dos nomes

    achei q era lenda, mas hj percebo que é real msm

     Ghaleston
  •  10758 posts
  •  

    Avatar do usuário

    Ceres negros

    Enviado de meu LG-M250 usando o Tapatalk

    Farofas  isso

     Farofas
  •  172211 posts
  •  

    Avatar do usuário

    Yokohama brincou de perder gols no segundo tempo. Poderia ter feito uns cinco, mas o jogo terminou só 2x1... De qualquer forma, atuação dominante fora de casa contra um candidato ao título, não dava para pedir mais.



    Já o Vissel Kobe brincou de fazer gols e goleou o Johor Darul Ta'zim por 5x1 (Keijiro Ogawa x3, Furuhashi e Douglas). Iniesta com duas assistências.

     Farofas
  •  172211 posts
  •  

    Avatar do usuário

    AFC Champions: Yokohama goleia Sydney; Tokyo e Kobe também vencem na rodada

    Imagem



    A Liga dos Campeões da Ásia começou mais do que favorável aos times japoneses. Depois de uma boa estreia na fase de grupos, todos os três representantes da J.League venceram na segunda rodada. O destaque ficou para a atuação impecável do Yokohama F-Marinos, que goleou o Sydney FC por 4x0 no primeiro jogo do Tricolore no Nissan Stadium em 2020.

    O Marinos, campeão japonês, já havia derrotado o Jeonbuk, campeão coreano, com uma grande exibição na semana passada. Agora a vítima foi o campeão australiano. O Sydney FC é o líder disparado na A-League, com 11 vitórias e um empate nos últimos 12 jogos. É de longe o time mais forte da Austrália hoje, mas virou presa fácil diante da incrível intensidade e velocidade com que joga o Yokohama. Com pouco mais de meia hora de jogo, o placar já estava 3x0. Nem parecia que o Sydney estava no meio da temporada e o Marinos só no início da temporada.

    Ado Onaiwu, que substitui o lesionado Erik, tinha ficado devendo semana passada, mas hoje brilhou com dois gols e fechou o placar em 4x0. Teruhito Nakagawa, o MVP da J.League, fez outros dois e levou o prêmio de melhor em campo. Em um duelo que a imprensa australiana cobriu com bastante expectativa, não podia ter forma melhor de Ange Postecoglou mostrar ao seu país a evolução do seu trabalho

    Imagem
    Leandro fez o gol da vitória do FC Tokyo sobre o australiano Perth Glory




    Ontem foi o FC Tokyo que entrou em campo, no duelo do vice-campeão do Japão contra o vice-campeão da Austrália, o Perth Glory, que atualmente está em terceiro na A-League, 11 pontos atrás do Sydney. O time japonês tomava a iniciativa de atacar e controlava a partida sem levar sustos, mas não conseguia criar chances reais de gol. O jogo prosseguia em ritmo morno, com o Tokyo cercando, mas sem encontrar uma brecha. Até que o recém-contratado Leandro acertou um belo chute que encobriu o goleiro e garantiu a vitória por 1x0. O ex-Grêmio, Palmeiras, Santos, Coritiba e Kashima já tinha se destacado com uma assistência na rodada anterior e foi mais uma vez protagonista. Outro que foi bem é o novato Kazuya Konno, meia baixinho e habilidoso que saiu do banco e ajudou a incendiar o jogo no segundo tempo.

    O Vissel Kobe, campeão da Copa do Imperador, é o que tinha a missão mais difícil na rodada: enfrentar o Suwon Bluewings, campeão da FA Cup Coreana, na Coreia do Sul. E mesmo assim teve 65% de posse de bola e fez um jogo equilibrado, decidido apenas aos 45 do segundo tempo com o gol solitário de Kyogo Furuhashi após cruzamento de Gotoku Sakai.

    Assim, os times japoneses já conquistaram, no total, 16 de 18 pontos possíveis nas duas primeiras rodadas da AFC Champions League. A próxima rodada é só daqui duas semanas. Neste fim de semana, finalmente começa a J.League 2020, com jogos na sexta, sábado e domingo.


    Imagem



    Resultados da 2ª rodada da ACL:

    GRUPO A
    Al Ahli Jeddah (Arábia Saudita) 2x1 Esteghlal (Irã)
    Al Shorta (Iraque) 0x1 Al Wahda (EAU)

    GRUPO B
    Shabab Al Ahli (EAU) 1x2 Al Hilal (Arábia Saudita)
    Pakhtakor (Uzbequistão) 3x0 Shahr Khodrou (Irã)

    GRUPO C
    Al Taawoun (Arábia Saudita) 2x0 Al Duhail (Catar)
    Sharjah (EAU) 2x2 Persepolis (Irã)

    GRUPO D
    Al Sadd (Catar) 3x0 Sepahan (Irã)
    Al Ain (EAU) 1x2 Al Nassr (Arábia Saudita)

    GRUPO E
    FE Seoul (Coreia do Sul) 1x0 Melbourne Victory (Austrália)
    Chiangrai United (Tailândia) 0x1 Beijing Guoan (China)

    GRUPO F
    FC Tokyo (Japão) 1x0 Perth Glory (Austrália)
    Ulsan Hyundai (Coreia do Sul) x Shanghai Shenhua (China) - ADIADO para 18/05

    GRUPO G
    Suwon Bluewings (Coreia do Sul) 0x1 Vissel Kobe (Japão)
    Johor Darul Ta'zim (Malásia) x Guangzhou Evergrande (China) - ADIADO para 19/05

    GRUPO H
    Yokohama F-Marinos (Japão) 4x0 Sydney FC (Austrália)
    Jeonbuk Motors (Coreia do Sul) x Shanghai SIPG (China) - ADIADO para 19/05

     Farofas
  •  172211 posts
  •  

    Avatar do usuário

    https://globoesporte.globo.com/olimpiad ... ista.ghtml

    + China suspende competições de futebol
    + J.League adia partidas por três semanas
    + Pre-olímpico de futebol feminino força China a jogar torneio fora do país
    + Amistoso entre times masculinos de Japão e África do Sul cancelado
    + K.League na Coreia do Sul, prevista para começar no dia 29 de fevereiro adiada
    + Irã Pro League: espectadores banidos de todas as partidas a partir de 24 de fevereiro

     Farofas
  •  172211 posts
  •  

    Avatar do usuário

    Honda ta gripado

    essa é a notícia do dia

     Bom Caráter
  •  8863 posts
  •  

    Avatar do usuário

    Clube chinês inicia construção bilionária de maior estádio de futebol do mundo

    Estádio de equipe chinesa terá arquitetura em formato de flor
    Imagem

    Equipe dos brasileiros Paulinho, Anderson Talisca, Ricardo Goulart e Elkeson, o Guangzhou Evergrande, da China, iniciou as obras para a construção do que será o maior estádio de futebol do mundo.

    Com capacidade para 100 mil pessoas, a arena superará o Camp Nou, do Barcelona, atualmente o estádio de futebol com maior capacidade do planeta, 99.354 torcedores.

    Segundo a imprensa chinesa, a construção do novo estádio do Evergrande custará cerca de R$ 9 bilhões. O conceito do estádio, em formato de flor de lótus, partiu de uma ideia do magnata Xu Jiayin, dono do clube, que se inspirou no nome da cidade, Guangzhou, que quer dizer "cidade das flores".

    Vale lembrar que os jogos do Campeonato Chinês ainda não voltaram, por causa da pandemia de coronavírus.


    Leia mais em: https://www.gazetadopovo.com.br/esporte ... e-estadio/
    Copyright © 2020, Gazeta do Povo. Todos os direitos reservados.

    Farofas  isso
    • 1
    • 375
    • 376
    • 377
    • 378
    • 379

    MENSAGENS RECENTES

    Tópico das Branquinhas!

    essa primeira é absurda

    amg ou vc compra um maverick ou vc compra um[…]



    O melhor conteúdo: seguro, estável e de fácil manutenção, desde 2012