Discuta as notícias e acompanhe os campeonatos do bom e velho futebol

  • 1
  • 376
  • 377
  • 378
  • 379
  • 380

 Bom Caráter
  •  8866 posts
  •  

    Avatar do usuário

    Zaha Hadid Architects divulga imagens de seu novo estádio de futebol em Xi’anImagem
    O escritório Zaha Hadid Architects divulgou imagens do novo Centro Internacional de Futebol de Xi'an, que ficará pronto em 2023, a tempo para a Copa da Ásia, organizada pela Confederação Asiática de Futebol (AFC). O complexo incluirá um estádio com capacidade para 60.000 lugares, além de espaços cívicos, esportivos e recreativos abertos para a cidade.

    O Xi’an International Football Centre foi projetado para ter um uso contínuo após o torneio de 2023. Localizado no novo distrito de Fengdong, o centro receberá jogos nacionais e internacionais, bem como partidas da liga amadora, academias de treinamento de jovens atletas e eventos culturais e de entretenimento. Integrado ao distrito financeiro, o projeto abrange espaços públicos, de lazer e opções gastronômicas.

    Imagem
    Para enfrentar o clima quente de Xi'an, uma "ampla cobertura circunda o estádio, abrigando os demais equipamentos dentro do envelope do edifício, ao passo que terraços sombreados e passagens públicas recebem vegetação extensiva". Além disso, uma membrana translúcida protege os espectadores das condições climáticas extremas e da luz solar direta, sem abrir mão da luz natural.
    Imagem
    Em relação às fachadas, o envelope aberto sugere receber o espaço urbano dentro do edifício, enquanto que suas "linhas alongadas protegem o estádio dos ventos do norte".


    https://www.archdaily.com.br/br/946138/ ... ol-em-xian
    Farofas  isso

     Farofas
  •  172474 posts
  •  

    Avatar do usuário

    Presente para quem fez gol hoje pelo Kawasaki Frontale: um abacaxi. Fruta é artigo de luxo no Japão.

    Imagem

    Leandro Damião marca na J.League e faz homenagem a Chadwick Boseman, o Pantera Negra

    Imagem

    O Kawasaki Frontale perdeu a invencibilidade domingo passado e ficou só no empate com o Vissel Kobe no meio de semana, mas o líder da J.League voltou a golear na rodada de hoje com um arrasador 5x0 sobre o antepenúltimo colocado Shimizu S-Pulse. Um dos momentos marcantes da partida no Todoroki Stadium foi o segundo gol do jogo, marcado por Leandro Damião, e sua comemoração em homenagem ao ator Chadwick Boseman, mais conhecido pelo papel do Pantera Negra, que morreu ontem vítima de câncer de cólon.

    "Foi uma homenagem a uma pessoa muito especial que inspirou muita gente. Ele deixa um legado excepcional. Gostava muito mesmo. Fica minha sincera homenagem e respeito", disse Damião. "Fico feliz pelo gol marcado também. Pude ajudar minha equipe a conquistar mais três pontos e avançar no campeonato", completou o brasileiro, que agora tem seis gols nesta edição da J1.

    Imagem



    Quando o novato Reo Hatate fez o segundo dele na noite e deixou o placar em 3x0, aos 29 do segundo tempo, o jogo já estava decidido. Mas o Frontale de 2020 não gosta de "diminuir o ritmo". Ryota Oshima e Kaoru Mitoma, os dois melhores jogadores da equipe até agora no ano, tinham acabado de sair do banco, e logo depois foi a vez de Kengo Nakamura. Aos 39 anos, o ídolo máximo do Kawasaki Frontale finalmente está recuperado de uma lesão no joelho e entrou em campo pela primeira vez desde novembro de 2019 (foram 301 dias sem jogar). Em menos de dez minutos, Kengo já deixou o dele e marcou o quarto gol do Golfinho, aproveitando um erro na saída do Shimizu. No finalzinho, Mitoma fez uma bela jogada individual, deixou o volante Renato Augusto no chão e fechou a goleada em 5x0.

    O Frontale termina o sábado com dez pontos de vantagem na liderança (número que pode diminuir para cinco pois Cerezo Osaka e Nagoya Grampus, com dois jogos a menos, estão 11 pontos atrás), 83% de aproveitamento e um incrível ataque com 41 gols marcados, média de quase três por jogo (o segundo melhor, do Yokohama F-Marinos, tem 28).

    Langerak salva, mas Nagoya fica no 0x0

    Com dois jogos a menos, o Nagoya Grampus é o que tinha a melhor possibilidade de alcançar o Kawasaki na tabela, mas hoje o time da província de Aichi ficou no 0x0 com o Consadole Sapporo jogando em Hokkaido. Se o ataque não funcionou (foram apenas duas finalizações certas em 90 minutos), pelo menos a defesa, a menos vazada da J1 (oito gols sofridos em 12 jogos), evitou a derrota. O Consadole teve um pênalti no último lance do jogo, mas Mitchell Langerak defendeu com o pé a cobrança do brasileiro Lucas Fernandes. Duas semanas atrás, o goleiro australiano também defendeu um pênalti no último minuto, contra o FC Tokyo.

    Doi faz 2 nos acréscimos e Kashima vence 2ª consecutiva

    O Kashiwa Reysol teve dois lesionados (o zagueiro Yuji Takahashi e o meia Matheus Sávio) e um expulso (o lateral Shunki Takahashi) ainda no primeiro tempo, mas mesmo assim vencia o Kashima Antlers por 2x1 (dois de Olunga, artilheiro disparado da J1 agora com 14 gols) até os 44 do segundo tempo, quando o substituto Shoma Doi mudou tudo. Em um intervalo de dois minutos, dois cruzamentos e dois gols de Doi, decretando a vitória de virada por 3x2. Os problemas defensivos persistem, mas o time de Antônio Carlos Zago tem reagido na temporada - conquistou a segunda vitória seguida e só perdeu uma vez nos últimos oito jogos pela J1.

    Reação do Vissel impede 4ª vitória seguida do Marinos

    Atual campeão, o Yokohama F-Marinos está se recuperando do início de temporada cheio de tropeços e aos poucos tem jogado um futebol parecido com o do ano passado. O time comandado pelo australiano Ange Postecoglou esteve muito perto de alcançar a quarta vitória consecutiva, jogando em Kobe contra o Vissel. Apesar do gol sofrido no início em falha do goleiro Park Il-gyu, Marcos Júnior virou ainda no primeiro tempo com dois gols e, quando Teruhito Nakagawa fez o terceiro, no início da segunda etapa, parecia tudo decidido. Ainda mais porque o Kobe estava jogando sem a maioria dos seus titulares, além dos desfalques de Iniesta e Vermaelen. Mas tudo mudou depois que o técnico alemão Thorsten Fink fez nada menos que quatro alterações de uma vez, colocando Samper, Gotoku Sakai, Nishi e Furuhashi. O time da casa pressionou até o fim e, depois que o Marinos perdeu uma grande chance de fazer o quatro, o Vissel marcou duas vezes em um intervalo de um minuto, com Fujimoto e Furuhashi, e só não virou porque Park impediu.

    Jogos adiantados do meio de semana:

    26/08 - Vissel Kobe 2x2 Kawasaki Frontale (24ª rodada)
    Noevir Stadium (3.453)
    Ryota Oshima (23', 0x1), Daigo Nishi (30', 1x1), Douglas (42', 2x1), Reo Hatate (75', 2x2)

    26/08 - FC Tokyo 1x2 Kashima Antlers (26ª rodada)
    Ajinomoto Stadium (4.390)
    Ikuma Sekigawa (gol contra, 45+1', 1x0), Everaldo (48', 1x1), Juan Alano (57', 1x2)

    26/08 - Yokohama F-Marinos 4x1 Hokkaido Consadole Sapporo (29ª rodada)
    Nissan Stadium (4.181)
    Júnior Santos (8', 1x0), Júnior Santos (40', 2x0), Shinnosuke Hatanaka (52', 3x0), Teruhito Nakagawa (85', 4x0), Anderson Lopes (90+3', 4x1)

    Resultados da 13ª rodada da J1:

    29/08 - (10º) Vissel Kobe 3x3 Yokohama F-Marinos (6º)
    Noevir Stadium (4.393)
    Noriaki Fujimoto (18', 1x0), Marcos Júnior (27', 1x1), Marcos Júnior (33', 1x2), Teruhito Nakagawa (53', 1x3), Noriaki Fujimoto (90', 2x3), Kyogo Furuhashi (90+1', 3x3)

    29/08 - (12º) Hokkaido Consadole Sapporo 0x0 Nagoya Grampus (3º)
    Sapporo Dome (3.479)

    29/08 - (5º) Urawa Reds 2x1 Oita Trinita (14º)
    Saitama Stadium 2002 (4.316)
    Kazushi Mitsuhira (9', 0x1), Leonardo (30', 1x1), Daiki Hashioka (33', 2x1)

    29/08 - (7º) Kashiwa Reysol 2x3 Kashima Antlers (9º)
    Sankyo Frontier Kashiwa Stadium (2.728)
    Michael Olunga (57', 1x0), Kento Misao (72', 1x1), Michael Olunga (84', 2x1), Shoma Doi (89', 2x2), Shoma Doi (90+1', 2x3)

    29/08 - (1º) Kawasaki Frontale 5x0 Shimizu S-Pulse (16º)
    Todoroki Stadium (4.798)
    Reo Hatate (21'), Leandro Damião (51'), Reo Hatate (74'), Kengo Nakamura (85'), Kaoru Mitoma (87')

    29/08 - (18º) Shonan Bellmare x Sagan Tosu (17º) - ADIADO
    Shonan BMW Stadium Hiratsuka

    29/08 - (8º) Gamba Osaka 1x3 FC Tokyo (2º)
    Panasonic Stadium Suita (4.967)
    Diego Oliveira (8', 0x1), Takashi Usami (43', 1x1), Leandro (73', 1x2), Adailton (81', 1x3)

    29/08 - (11º) Sanfrecce Hiroshima 1x1 Vegalta Sendai (15º)
    Edion Stadium (3.124)
    Leandro Pereira (4', 1x0), Shingo Hyodo (72', 1x1)

    30/08 - (12º) Yokohama FC x Cerezo Osaka (4º)
    Nippatsu Mitsuzawa

     Bom Caráter
  •  8866 posts
  •  

    Avatar do usuário

    De saída da Arábia Saudita, Eltinho se despede do Al Wahda
    Meio-campista brasileiro é um dos destaques da equipe árabe

    O meia-atacante Elton Arábia, ex-Corinthians e CRB, que atuou no Al Wahda, da Arábia Saudita, nesta temporada, encerrou seu vínculo com o clube e não jogará mais no futebol do país em que esteve por mais de dez anos. Feliz com tudo que conquistou no local, o jogador se emocionou na despedida.
    Imagem
    Eltinho está de saída da Arábia Saudita (Foto: Divulgação)

    - Após mais de dez anos, duzentos jogos, muitas histórias e títulos, me despeço do futebol da Arábia Saudita, dessa vez em definitivo. Fui muito feliz por tudo que vivi aqui e agradeço muito ao povo do país por ter me acolhido tão bem. Passa um filme em minha cabeça e só coisas alegres. Tenho muito orgulho por ter construído uma história aqui bonita. Hoje, a Arábia Saudita é a minha segunda casa - disse.

    Segundo o atleta, ele permanecerá no futebol do Golfo, mas em outro país.

    - Vou permanecer no futebol árabe, mas em outro país agora. Nos próximos dias devo definir tudo para me apresentar ao novo clube, um novo desafio e uma nova história a ser construída nos próximos anos.


    https://www.terra.com.br/esportes/lance ... 89opc.html
    Farofas  isso

     Farofas
  •  172474 posts
  •  

    Avatar do usuário

    Kawasaki Frontale fecha turno com melhor campanha da história da J.League

    Imagem

    Nunca a J.League teve um time tão dominante quanto o Kawasaki Frontale de 2020. Com 17 jogos disputados, o Golfinho tem 86% de aproveitamento e um incrível ataque que já balançou as redes 52 vezes (média de 3,06 gols por jogo). Hoje o Kawasaki goleou pela sexta vez no campeonato: 5x1 sobre o Sanfrecce Hiroshima, que tinha uma das melhores defesas da liga. Desta vez o destaque foi o volante da seleção olímpica Ao Tanaka, com dois gols. Leandro Damião, Yu Kobayashi e Kazuya Yamamura também marcaram. A jovem estrela Kaoru Mitoma entrou no intervalo e deu a assistência para o gol de Damião.





    É a primeira vez na história da J.League que um time completa o primeiro turno tão acima dos concorrentes, tanto nas estatísticas quanto pela qualidade do futebol jogado. Contando desde 2005, quando a liga passou a ser disputada no formato atual, com 18 clubes e em pontos corridos (e incluindo o sistema de turnos e mata-matas em 2015 e 2016), o Frontale tem a melhor campanha de todos os tempos em um primeiro turno.

    Pontuação do líder da J1 após 17 jogos disputados:
    2020 - Kawasaki Frontale - 44 pontos (14V 2E 1D)
    2019 - FC Tokyo - 36 pontos
    2018 - Sanfrecce Hiroshima - 41 pontos
    2017 - Cerezo Osaka - 35 pontos
    2016 - Kashima Antlers* - 39 pontos
    2015 - Urawa Reds - 41 pontos
    2014 - Urawa Reds - 36 pontos
    2013 - Sanfrecce Hiroshima*/Omiya Ardija - 36 pontos
    2012 - Vegalta Sendai - 35 pontos
    2011 - Kashiwa Reysol* - 34 pontos
    2010 - Shimizu S-Pulse - 36 pontos
    2009 - Kashima Antlers* - 42 pontos
    2008 - Urawa Reds - 32 pontos
    2007 - Gamba Osaka - 38 pontos
    2006 - Urawa Reds* - 36 pontos
    2005 - Kashima Antlers - 36 pontos
    *Terminou como campeão

    É claro, quem acompanha o futebol japonês sabe que tudo pode acontecer e já viu conquistas inacreditáveis como a do Kashima Antlers em 2016 e quedas de produção absurdas como a do Omiya Ardija em 2013, só para citar algumas. Na maioria das vezes, quem virou o turno na liderança não terminou com o título. No momento, o Cerezo Osaka parece ser o único com alguma esperança de tirar o troféu do Frontale. A Cerejeira de Kansai derrotou o Yokohama F-Marinos de virada no Nissan Stadium em um jogo dramático, chegou à quinta vitória seguida e manteve a diferença para o líder em oito pontos, com um jogo a menos (o Kawasaki teve uma partida adiantada para ajustar o calendário dos times que jogam a ACL). Com 36 pontos, a campanha do Cerezo até este ponto é melhor que a de vários campeões. O problema é que a campanha do Kawasaki até agora é a melhor da história da J1...

    Adeus, crise? Kashima vence 5ª consecutiva

    O Kashima Antlers teve em 2020 o pior início de temporada da história do clube, mas o time de Antônio Carlos Zago está dando a volta por cima e chegou à quinta vitória consecutiva ao bater o Shimizu S-Pulse por 2x1 neste sábado. De lanterna, o Antlers já subiu para a quinta colocação e entrou de vez na disputa pelo top-3, que daria uma vaga na Liga dos Campeões da Ásia. Apesar da boa forma, a defesa ainda preocupa - o time só passou um jogo sem sofrer gol nesta temporada.

    Imagem

    'Acho que não tive muita sorte na vida'

    A frase acima foi dita por Mihailo Petrovic, técnico sérvio do Consadole Sapporo, após a eliminação nos pênaltis nas quartas de final da Copa Levain no início deste mês. Aqui mesmo no Futebol no Japão ele já foi chamado de "gênio azarado" por construir grandes equipes que falhavam nos momentos decisivos e não conquistavam títulos, como o Sanfrecce Hiroshima que foi tricampeão da J.League após a saída dele e o Urawa Reds que venceu a ACL logo depois que ele saiu. Petrovic vem fazendo uma revolução também no Consadole Sapporo, mas este ano as coisas não estão dando certo. Jogadores que foram embora, elenco em renovação, erros defensivos que se repetem... E agora um jogo que poderia ser uma vitória épica, mas se tornou uma inacreditável derrota. E nisso já são nove rodadas sem vencer. Nem a "lei do ex" favorece Petrovic.

    No jogo de hoje, o Urawa Reds abriu 2x0 de vantagem no início com dois gols de Kenyu Sugimoto, atacante ex-seleção japonesa que ainda não tinha nenhum gol na temporada. Com seu futebol sempre ofensivo, o time de Hokkaido foi para cima, conseguiu a virada e poderia ter até ampliado, mas acabou levando a virada de volta, com gols de dois jogadores que também não tinham nenhum gol na temporada: o zagueiro Makino e o volante Shibato, que marcou aos 49 do segundo tempo para decretar o triunfo do Urawa por 4x3.

    Sagan Tosu, surpresa na parte de baixo da tabela

    Se no início do ano o Sagan Tosu vivia uma crise financeira sem precedentes que ameaçava o clube até de falência, o que acabou prejudicando a montagem do elenco para 2020, hoje o time dá uma resposta positiva dentro de campo. Apesar de ser a equipe mais prejudicada pela pandemia no Japão (teve que ficar quatro rodadas de quarentena por causa de jogadores e membros da comissão técnica infectados com covid-19), o Sagan voltou da segunda parada forçada em plena forma e já soma sete pontos dos últimos nove possíveis. O jogo de hoje começou bem favorável ao visitante Kashiwa Reysol, que teve várias chances de marcar no primeiro tempo e o artilheiro Olunga aproveitou uma delas para fazer seu 16º gol na competição. Mas o representante da província de Saga conseguiu a virada e venceu por 2x1 com um gol de pênalti do atacante Daichi Hayashi, que marcou pelo terceiro jogo seguido, e um belo chute colocado do capitão Riki Harakawa. Com apenas 12 jogos disputados, o Tosu subiu para 14º na classificação. Curiosamente, com o pior ataque e a melhor defesa da J1.


    Imagem

    O zagueiro Dankler salvou o Vissel Kobe da derrota com um gol nos acréscimos — Foto: Soccer Digest



    Resultados da 16ª rodada da J1:

    12/09 - (18º) Shimizu S-Pulse 1x2 Kashima Antlers (5º)
    IAI Stadium Nihondaira (4.774)
    Everaldo (29', 0x1), Shoma Doi (32', 0x2), Teerasil Dangda (79', 1x2)

    12/09 - (11º) Vissel Kobe 2x2 FC Tokyo (3º)
    Noevir Stadium (4.102)
    Takuya Yasui (24', 1x0), Adailton (50', 1x1), Diego Oliveira (58', 1x2), Dankler (90+3', 2x2)

    13/09 - (15º) Hokkaido Consadole Sapporo 3x4 Urawa Reds (6º)
    Sapporo Dome (4.449)
    Kenyu Sugimoto (13', 0x1), Kenyu Sugimoto (20', 0x2), Jay Bothroyd (31', 1x2), Jay Bothroyd (35', 2x2), Kenyu Sugimoto (gol contra, 67', 3x2), Tomoaki Makino (75', 3x3), Kai Shibato (90+4', 3x4)

    13/09 - (16º) Vegalta Sendai 0x3 Oita Trinita (13º)
    Yurtec Stadium (2.191)
    Kazushi Mitsuhira (34'), Kei Chinen (80'), Tatsuya Tanaka (85')

    13/09 - (12º) Yokohama FC 3x2 Nagoya Grampus (4º)
    Nippatsu Mitsuzawa (3.290)
    Yutaka Yoshida (12', 0x1), Kosuke Saito (19', 1x1), Takaaki Shichi (22', 2x1), Mateus Castro (73', 2x2), Yuji Senuma (78', 3x2)

    13/09 - (1º) Kawasaki Frontale 5x1 Sanfrecce Hiroshima (9º)
    Todoroki Stadium (4.770)
    Ao Tanaka (14', 1x0), Leandro Damião (47', 2x0), Kazuya Yamamura (50', 3x0), Ao Tanaka (51', 4x0), Yu Kobayashi (88', 5x0), Yuya Asano (90', 5x1)

    13/09 - (14º) Sagan Tosu 2x1 Kashiwa Reysol (7º)
    Ekimae Real Estate Stadium (4.165)
    Michael Olunga (25', 0x1), Daichi Hayashi (45', 1x1), Riki Harakawa (48', 2x1)

    13/09 - (10º) Yokohama F-Marinos 1x2 Cerezo Osaka (2º)
    Nissan Stadium (4.918)
    Erik (52', 1x0), Hiroshi Kiyotake (58', 1x1), Toshiyuki Takagi (86', 1x2)

    13/09 - (8º) Gamba Osaka 0x1 Shonan Bellmare (17º)
    Panasonic Stadium Suita (4.788)
    Kazunari Ono (74')

     Farofas
  •  172474 posts
  •  

    Avatar do usuário

    A Champions Asiática ta uma bagunça total

    tem time indo hj pro 3° jogo, enquanto todos os clubes da China seguem com 0 jogos

    agora com o Al Wahda fora os demais jogos vão ter placar de 3-0 e isso interfere diretamente na classificação

    nem a Conmebol faria tanta lambança

    Imagem

     Farofas
  •  172474 posts
  •  

    Avatar do usuário

    corrigindo: os resultados anteriores do Al Wahda serão anulados tbm

    menos mal

     Farofas
  •  172474 posts
  •  

    Avatar do usuário

    amanhã tem Al Sharjah em campo

    Imagem

     Farofas
  •  172474 posts
  •  

    Avatar do usuário

    Al Ahli do Lucas Lima venceu no finalzinho


    Imagem

     Lakitus
  •  36418 posts
  •  

    Avatar do usuário

    Juro que li "Glenda Kozlowski" onde tá "Grêmio Kawasaki"
    Farofas  isso

     Farofas
  •  172474 posts
  •  

    Avatar do usuário

    AFC Champions:


    87 minutos jogados

    Al Ain 3-3 Al Sadd

    Cazorla e Afif (destaque da Copa da Asia e revelação da Copa America) anotaram para o time de Xavi


    Imagem
    Imagem



    88 minutos

    Al Duhail 2-1 Al Sharjah

    Dudu deu linda assist para o gol de Ali Almoez

    Imagem
    Imagem

     Farofas
  •  172474 posts
  •  

    Avatar do usuário

    Aos 53 anos, Kazu quebra recorde e se torna o jogador mais velho a atuar na 1ª divisão do Japão

    Imagem



    13 anos depois, o mais que veterano Kazuyoshi Miura, de 53 anos, voltou a entrar em campo pela primeira divisão da J.League. A última vez havia sido em 2007, até então o único ano em que o Yokohama FC, clube que Kazu defende desde 2006, havia disputado a elite do futebol japonês (J1). Na temporada 2020, Kazu só tinha jogado pela Copa da Liga. Hoje foi titular e capitão pela J1 e logo no duelo contra o líder Kawasaki Frontale.




    Parece até que os dois técnicos combinaram em escalar seus veteranos. Pelo lado do Golfinho, Kengo Nakamura (a um mês de completar 40 anos), recuperado de uma lesão nos ligamentos do joelho que sofreu no fim do ano passado, fazia seu primeiro jogo como titular na temporada. Pelo Fulie, além de Kazu, estavam no onze inicial também o craque Shunsuke Nakamura (42 anos, titular apenas pela terceira vez no campeonato) e o ex-seleção japonesa Daisuke Matsui (39 anos, titular pela primeira vez no ano). Eram quatro títulos de MVP em campo ao mesmo tempo. Kazu foi eleito melhor jogador da J.League em 1993, Shunsuke Nakamura em 2000 e 2013 e Kengo Nakamura em 2016. Sem falar em outros três que estavam no banco e entraram no segundo tempo: Leandro Domingues, MVP de 2011, Yu Kobayashi, MVP de 2017, e Akihiro Ienaga, MVP de 2018. Literalmente, era um confronto de estrelas do futebol japonês.

    O Yokohama FC, que tem feito uma campanha até melhor que o esperado e jogado um futebol positivo principalmente por causa do rejuvenescimento do elenco promovido pelo técnico Takahiro Shimotaira, desta vez voltou um pouco às origens e apostou nos seus veteranos. E não é que quase deu certo? O Yokohama FC tinha sido goleado por 5x1 no primeiro turno, mas hoje foi um dos que mais deu trabalho ao Frontale em todo o campeonato.


    Imagem



    Com exatos 53 anos, 6 meses e 28 dias de idade, "King Kazu" quebrou um recorde que pertencia ao seu ex-companheiro de ataque de seleção japonesa dos anos 1990. Masashi Nakayama fez sua última aparição na J1 em novembro de 2012, pelo Consadole Sapporo, quando tinha 45 anos, 2 meses e 1 dia. É claro que a participação de Kazu na partida foi mais simbólica do qualquer coisa e o recorde de jogador mais velho a fazer gol na elite da J.League ainda é de Zico, que marcou pela última vez com a camisa do Kashima Antlers aos 41 anos, 3 meses e 12 dias, em junho de 1994. Porém, no primeiro gol do Yokohama FC na partida de hoje, em escanteio cobrado por Shunsuke Nakamura que o zagueiro Yuki Kobayashi acabou marcando de costas, meio sem querer, Kazu estava posicionado logo atrás de seu companheiro, pronto para empurrar para as redes se a bola tivesse passado por ele.

    O primeiro tempo tinha terminado 1x0 para o Frontale. Ao Tanaka, principal promessa para a posição de volante na seleção olímpica, marcou o primeiro ao se livrar da marcação dupla de Nakamura e Matsui (ambos com quase o dobro da idade dele) e acertar um chute cruzado, com a colaboração do goleiro Yuji Rokutan. Com apenas 22 segundos de jogo no segundo tempo, o Kawasaki pressionou a saída de bola e mais uma promessa olímpica, Reo Hatate, ampliou. Assim como no primeiro gol, a câmera da TV imediatamente foi buscar a reação de Hajime Moriyasu, técnico das seleções japonesas principal e olímpica, que assistia das tribunas do Todoroki Stadium.


    Imagem



    Mas desta vez o roteiro não seguiu o que tem sido o padrão do Frontale, com passeio no segundo tempo e vitória de goleada. O Yokohama FC diminuiu dois minutos depois, com Yuki Kobayashi. Pouco depois, o zagueiro brasileiro Jesiel (ex-Atlético-MG) quase marcou mais um para o Golfinho em cabeceio que bateu na trave.

    Kazu jogou até o minuto 56 e deu lugar a Koki Saito, 34 anos mais novo e principal joia do Yokohama FC. Depois foi a vez de Shunsuke Nakamura deixar o campo para a entrada de Leandro Domingues. E o brasileiro, que está com 37 anos e fazia apenas sua quinta partida nesta J1 (todas como substituto), colocou fogo no jogo. Em um erro na saída de bola do Frontale, Leandro deixou Yuji Senuma na cara do gol. Jung Sung-ryong salvou e a bola ainda bateu no travessão. No minuto seguinte, Hatate passou pela marcação de Yuki Kobayashi, saiu na frente do gol e não desperdiçou. 3x1 para o Frontale. Mas o Fulie logo diminuiu de novo, quando Leandro Domingues ajeitou para a bomba indefensável de fora da área do volante Kensuke Sato, que deixou o placar em 3x2. A dez minutos do fim, mais uma jogada de Leandro Domingues e Koki Saito quase empatou. Até o último minuto o Yokohama FC estava vivo na partida, algo raro de se ver em jogos do Kawasaki.

    Mas não teve jeito para os visitantes. O Frontale venceu por 3x2, chegou à sexta vitória consecutiva e, graças à derrota do Cerezo Osaka na capital japonesa diante do FC Tokyo, aumentou para 11 pontos a vantagem na liderança. Cada vez mais, desenha-se uma disputa apenas pelo segundo lugar e vagas na ACL no segundo turno desta J.League.



    Resultados da 18ª rodada da J1:

    23/09 - (13º) Hokkaido Consadole Sapporo 0x1 Kashiwa Reysol (5º)
    Sapporo Dome (3.002)
    Hidekazu Otani (52')

    23/09 - (4º) Kashima Antlers 1x0 Shonan Bellmare (18º)
    Kashima Soccer Stadium (3.194)
    Juan Alano (90+4')

    23/09 - (3º) FC Tokyo 2x0 Cerezo Osaka (2º)
    Ajinomoto Stadium (4.316)
    Diego Oliveira (63'), Adailton (66')

    23/09 - (1º) Kawasaki Frontale 3x2 Yokohama FC (14º)
    Todoroki Stadium (4.723)
    Ao Tanaka (22', 1x0), Reo Hatate (46', 2x0), Yuki Kobayashi (48', 2x1), Reo Hatate (67', 3x1), Kensuke Sato (74', 3x2)

    23/09 - (9º) Gamba Osaka 2x1 Nagoya Grampus (6º)
    Panasonic Stadium Suita (5.153)
    Mu Kanazaki (21', 0x1), Yuki Yamamoto (53', 1x1), Takashi Usami (87', 2x1)

    23/09 - (11º) Vissel Kobe 4x3 Sagan Tosu (15º)
    Noevir Stadium (2.719)
    Hotaru Yamaguchi (9', 1x0), Takeshi Kanamori (17', 1x1), Andrés Iniesta (20', 2x1), Riki Harakawa (51', 2x2), Kyogo Furuhashi (55', 3x2), Kyogo Furuhashi (68', 4x2), Daichi Hayashi (71', 4x3)

    23/09 - (12º) Oita Trinita 0x2 Sanfrecce Hiroshima (10º)
    Showa Denko Dome (4.247)
    Tsukasa Morishima (70'), Douglas Vieira (86')

    23/09 - (7º) Yokohama F-Marinos 3x1 Vegalta Sendai (17º)
    Nissan Stadium (3.702)
    Alexandre Guedes (10', 0x1), Marcos Júnior (41', 1x1), Erik (70', 2x1), Erik (75', 3x1)

    23/09 - (16º) Shimizu S-Pulse 1x2 Urawa Reds (8º)
    IAI Stadium Nihondaira (3.095)
    Ryosuke Yamanaka (21', 0x1), Shinzo Koroki (59', 0x2), Teerasil Dangda (90+1', 1x2)
    • 1
    • 376
    • 377
    • 378
    • 379
    • 380

    MENSAGENS RECENTES

    https://twitter.com/MantaAlves/status/129048419899[…]

    NBA - 18/19 SEASON

    Análise do jogo #5 do Leste: NBA Playoffs:[…]

    https://twitter.com/ricsini/status/130952235210811[…]

    india e china tão com taxa de 4% e gente co[…]



    O melhor conteúdo: seguro, estável e de fácil manutenção, desde 2012