Discuta as notícias e acompanhe os campeonatos do bom e velho futebol
  • 1
  • 102
  • 103
  • 104
  • 105
  • 106
  • 107

 Farofas
  •  172211 posts
  •  

    Avatar do usuário

    caíram no conto do EI, agora aguenta

     otzy
  •  6121 posts
  •  

    Avatar do usuário

    Assinam o contrato pra depois reclamar. Amadorismo.

     Super Fofo
  •  41745 posts
  •  

    Avatar do usuário

    "conto do EI"
    não teve conto nenhum, nunca prometeram pagar mais do que isso por onde o fortaleza estava na epoca. assinar, subir e depois querer espernear no mercado que nem moleque mimado ao inves de sentar com decencia e discutir junto com os outros clubes (como fizeram pro valor repartido de transmissoes) eles não querem né

    e do sport caindo no "conto" da globo pq vc nao reclama, farrafos?
    Mucamo  isso

     Farofas
  •  172211 posts
  •  

    Avatar do usuário

    meu ovo q não teve conto.

    EI seduziu diversos clubes com o argumento "vamos acabar com o monopólio da Globo e dividir igualmente"

    deram mixarias agora prometendo dar cotas generosas lá na frente para os clubes q fossem fiéis a eles desde o começo

    só que o "lá na frente" simplesmente não existe. EI quebrou

     Sudit
  •  46580 posts
  •  

    Avatar do usuário

    Eu avisava lá no passado quando começou esses contratos com a Turner e torcedores e mídia iludidos que era o fim do monopolio da Globo, futebol iria crescer, os clubes teriam destaques que não tem...

    Era tudo interesse de momento de cartolas, nunca pensado no futuro, mas sim na grana que iriam embolsar naquela hora, com o adiantamento do contrato.

    Provavelmente sabiam que o contrato não era bom, não só em termo de valores, mas principalmente de exposição. Ter jogos transmitidos por um canal que sequer existe iria prejudicar e muito os contratos com patrocinadores.

    Mas a Turner oferecia adiantamento, coisa que a Globo não estava fazendo, ai foram secos assinando. Embolsaram a grana, acabaram seu mandato na diretoria, e que se foda o clube, que o futuro presidente se vire com o problema.

    Mas futebol brasileiro é administrado dessa forma mesmo. Importa é dinheiro no bolso no momento. O rombo outro que pague no futuro.

     Super Fofo
  •  41745 posts
  •  

    Avatar do usuário

    voces nasceram idiotas assim ou bateram a cabeça quando cairam do berço

    tirando o fortaleza que estava na serie B (alias pesquisando melhor estava na SERIE C) o contrato foi vantajoso pra todo mundo que assinou. e sudit dizendo que a globo não tá oferecendo adiantamento tá de brincadeira, globo endividou metade do futebol br com isso, por isso que tinha um monte de time puta com rabo preso sem poder contestar

    to vendo os DESASTRES que estão as diretorias de athletico pr e bahia. boas tão as diretorias de vasco, fluminense, cruzeiro os guerreiros da globo
    Mucamo  isso

     Rlim
  •  16203 posts
  •  

    Avatar do usuário

    Super Fofo escreveu: voces nasceram idiotas assim ou bateram a cabeça quando cairam do berço

    tirando o fortaleza que estava na serie B (alias pesquisando melhor estava na SERIE C) o contrato foi vantajoso pra todo mundo que assinou. e sudit dizendo que a globo não tá oferecendo adiantamento tá de brincadeira, globo endividou metade do futebol br com isso, por isso que tinha um monte de time puta com rabo preso sem poder contestar

    to vendo os DESASTRES que estão as diretorias de athletico pr e bahia. boas tão as diretorias de vasco, fluminense, cruzeiro os guerreiros da globo
    Você ainda perde tempo respondendo Sudit e Farofas?

    São dois terraplanistas do futebol.

     ¬¬'
  •  2384 posts
  •  

    Avatar do usuário

    O presidente do Grêmio já tá chorando "-Olha temos que rever estas cotas ai. O Flamengo não joga sozinho"
    Os caras querem artificialmente ganharem mais.

     Sudit
  •  46580 posts
  •  

    Avatar do usuário

    Super Fofo escreveu: voces nasceram idiotas assim ou bateram a cabeça quando cairam do berço

    tirando o fortaleza que estava na serie B (alias pesquisando melhor estava na SERIE C) o contrato foi vantajoso pra todo mundo que assinou. e sudit dizendo que a globo não tá oferecendo adiantamento tá de brincadeira, globo endividou metade do futebol br com isso, por isso que tinha um monte de time puta com rabo preso sem poder contestar

    to vendo os DESASTRES que estão as diretorias de athletico pr e bahia. boas tão as diretorias de vasco, fluminense, cruzeiro os guerreiros da globo
    Na época que a Turner surgiu, o que mais fez foi repartir adiantamentos para assinarem contrato.

    Isso fez grande diferença, pq ainda possuiam contratos com a Globo, e estavam embolsando grana do novo contrato com a Turner, que só iria começar a ser cumprido 2, 3 anos depois, quando terminasse o contrato com a Globo.

    Então diretorias embolsaram 2 contratos em 2016, 2017, e quando acabou o da Globo e ficou só com a Turner, já era outra diretoria que se virasse.

     Farofas
  •  172211 posts
  •  

    Avatar do usuário





    A gestão provisória do Cruzeiro esteve na quinta-feira negociando com a Globo para tentar desafogar as finanças do clube. Havia dois objetivos: um era tentar uma renda extra em contrato por exibição da Série B e o segundo era melhorar o fluxo de descontos de antecipações feitas pelo clube. A emissora rejeitou a ideia de mudar o acordo vigente: o time mineiro terá de optar pela cota fixa da Série B ou ficar só com o dinheiro do Pay-per-view.

    Com o novo acordo de televisão do Brasileiro, os clubes deixaram de ter direito a uma salvaguarda em caso de rebaixamento para a Série B. Ao cair, tem que escolher entre um valor fixo da Segundona (em torno de R$ 8 milhões) ou ficar com a fatia a quem direito no pay-per-view da Série A. Neste último caso, os clubes não têm remuneração pelas TVs Aberta e Fechada.

    Na sede da CBF, a gestão provisória do Cruzeiro perguntou à Globo se seria possível um outro contrato pelos direitos da TV Aberta e Fechada da Série B, fora da cota fixa. A emissora informou que as regras vigentes nos contratos serão mantidas para qualquer clube, sem possibilidade de mudança.

    Ao blog, o presidente do núcleo gestor provisório do Cruzeiro, Saulo Fróes, explicou que, sim, tinha feito pedidos à emissora, sem detalha-los. "Não está muito fácil eles atenderem os pedidos também", disse. Confirmou que há um excesso de antecipações feitas pela administração anterior e isso também seria negociado.

    De fato, o site "Superesportes" revelou que a gestão de Wagner Pires de Sá antecipou R$ 70 milhões das receitas de televisão da Globo em 2018, que serão descontados até 2022. Isso foi feito por meio do Fundo Polo. O pedido cruzeirense é para flexibilizar os descontos para não asfixiar o time nesta temporada.

    A Globo tem sido reticente de mudar compromissos assinados porque também suas previsões de fluxo de caixa. Mas a emissora prometeu analisar esse pedido cruzeirense porque não quer deixar o clube sem alternativa financeira. Nada foi fechado na negociação.

    A gestão provisória do Cruzeiro também esteve com o presidente da CBF, Rogério Caboclo. Segundo Saulo Fróes, a intenção foi mostrar que a agremiação mudou seus procedimentos em relação a gestões anteriores. Além disso, foi pedida uma ajuda na divulgação do sócio-torcedor do clube que é a grande aposta para aumento de receitas.

     Farofas
  •  172211 posts
  •  

    Avatar do usuário

    BUM




    "A notícia de que a Turner enviou uma carta aos oito clubes com que tem contrato ativo na Série A do Brasileirão 2020 — Athletico, Bahia, Ceará, Coritiba, Fortaleza, Internacional, Palmeiras e Santos — para discutir detalhes dos vínculos pegou os dirigentes de surpresa na última sexta-feira (3).

    No documento, a empresa avisou que suspendeu os pagamentos dos direitos de transmissão e ressaltou que pode rescindir os acordos por descumprimento de cláusulas. Por fim, convocou os clubes para uma reunião.

    A mensagem, no entanto, está bem clara. O conglomerado de mídia, que no ano passado exibiu 42 partidas do campeonato nos canais TNT e Space, busca encerrar os contratos assinados a partir de 2016.

    De acordo com a apuração da reportagem, a conclusão da matriz americana é de que os contratos não são sustentáveis. Ou seja, pagaram muito alto pelo produto. Em 2019, na primeira temporada com transmissões, foram divididos R$ 140 milhões — 50% de maneira igualitária, 25% por audiência e 25% por desempenho.

    Para desafiar o controle da Rede Globo no futebol, porém, a Turner vem abrindo o bolso há pelo menos três anos. Desembolsou luvas individuais de R$ 40 milhões, por exemplo, para atrair os times a assinarem o contrato. E aí começou a implodir o relacionamento com seus parceiros.

    O projeto que convenceu os clubes era originalmente com Esporte Interativo (EI). A ideia vendida na época era de que o canal bateria de frente com o SporTV, da Globo, na TV fechada, com investimentos em uma ampla programação.

    Vale lembrar que em 2016 o streaming ainda era novidade e os canais fechados dominavam o mercado. O cenário atual é bem diferente e os canais pagos tradicionais perdem assinantes todos os dias.

    A grande quebra de confiança aconteceu quando descobriu-se que o Palmeiras recebeu um bônus por assinatura de R$ 100 milhões, valor 150% superior ao pago aos outros times. A relação foi costurada novamente com o pagamento de uma compensação aos demais, mas nunca mais foi a mesma.

    Meses depois, outro baque: o encerramento do EI. O corte tem relação com a compra da Turner pela AT&T nos Estados Unidos. Para o negócio aumentar as chances de ser aprovado no Brasil (o que ainda não aconteceu), todo o alicerce do projeto do futebol caiu por terra. O Brasileirão, então, migrou para os canais de filmes e séries.

    A interlocução com os dirigentes, antes comandada pelo presidente do EI, Edgar Diniz, decaiu rapidamente com a saída do executivo. O argentino Juan Carlos Balassanian, vice-presidente de distribuição da Turner na América Latina, resolveu temporariamente a situação quando convocado para negociar a compensação no caso do Palmeiras. E também ao neutralizar os redutores que seriam aplicados nos contratos da Globo em certas condições.

    Ao mesmo tempo, a Turner sofreu com a influência da Globo na CBF, de certa forma prejudicando com horários de transmissão engessados.

    Mas a insatisfação com a lentidão na comunicação, que agora passa pelos EUA, continuava forte. Os clubes, por exemplo, têm muito mais abertura e rapidez para tratar com o homem-forte da Globo, Fernando Manuel Pinto. Apesar de eventuais problemas com a emissora carioca, a dinâmica de relacionamento funciona.

    A gota d'água foi a mais recente notificação enviada pela Turner aos clubes. Agora, foi a vez do conglomerado americano apontar violações dos parceiros nos contratos, como um número de exibições em TV aberta superior ao estipulado. A multas podem passar de R$ 1 milhão em cada caso.

    E o que vai acontecer daqui pra frente? Clubes e Turner vão discutir as questões pendentes e tentarão entrar em acordo. Um cenário em que os times recuperam os direitos de transmissão, e a empresa fica livre da multa rescisória é plausível (os acordos com a Turner valem até 2024).

    Mas não se espante se o assunto virar problema de Justiça por anos. O que é certo nesse cenário todo é que os direitos de transmissão vão diminuir seu valor no curto e médio prazo."
    Leia mais em: https://www.gazetadopovo.com.br/esporte ... asileirao/
    Copyright © 2020, Gazeta do Povo. Todos os direitos reservados.

     Farofas
  •  172211 posts
  •  

    Avatar do usuário

    PLACAR FINAL:

    VITÓRIA DO TIME MASCULINO
    Imagem

    ImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagem
    ImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagem



    Imagem

    ImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagem

     X-MAN
  •  18313 posts
  •  

    Avatar do usuário

    Mais uma vitória dos chineses sobre os americanos

     V-Brake
  •  39608 posts
  •  

    Avatar do usuário

    Surpresa nenhuma com os acontecimentos.
    O projeto que convenceu os clubes era originalmente com Esporte Interativo (EI). A ideia vendida na época era de que o canal bateria de frente com o SporTV, da Globo, na TV fechada, com investimentos em uma ampla programação.

    Vale lembrar que em 2016 o streaming ainda era novidade e os canais fechados dominavam o mercado. O cenário atual é bem diferente e os canais pagos tradicionais perdem assinantes todos os dias.

    A grande quebra de confiança aconteceu quando descobriu-se que o Palmeiras recebeu um bônus por assinatura de R$ 100 milhões, valor 150% superior ao pago aos outros times. A relação foi costurada novamente com o pagamento de uma compensação aos demais, mas nunca mais foi a mesma.
    Isso foi solenemente ignorado pelos fãs da Turner. Turner só pagou pq 'oops vazou, foi mal aí glr'. Confiança zero :lol:
    Farofas  isso

     Farofas
  •  172211 posts
  •  

    Avatar do usuário

    "TO FECHADO COM BIROLIRO!!! DEIXA A MÃO INVISIVEL TRABALHAR"

    ImagemImagem




    TOMA CALOTE:


    "MIM AJUDA ESTADO!!11!!!"

    Imagem

     Palmeiras 1999
  •  7961 posts
  •  

    Avatar do usuário

    Turner descarta intenção de rescindir contrato com oito clubes da Série A


    Que a relação entre os clubes da Série A e a Turner não é boa, isso todo mundo já sabe. Mas a notícia dos últimos dias dá conta de que a empresa, dona do Esporte Interativo, estaria disposta a rescindir o contrato com Inter, Athletico, Coritiba, Santos, Palmeiras, Fortaleza, Ceará e Bahia.

    Mas a história não é bem essa, conforme o Blog apurou com um representante da Turner. “Não queremos a rescisão, muito pelo contrário. Brigamos muito para ter os direitos de transmissão e não estamos dispostos a perdê-los”, diz a fonte, pedindo anonimato.

    A informação de que a Turner notificou recentemente os oito clubes com quem tem vínculo é real. Mas a intimação não tratou em momento algum sobre a possibilidade de rescisão. “A gente tem sido vítima de atitudes dos clubes e não pode ficar vendo isso e aplaudindo”, justifica o representante da Turner, citando reclamações públicas dos presidentes de clubes contra a emissora.

    Santos, Bahia, Fortaleza, Inter e companhia estariam infringindo cláusulas do contrato que exigem uma boa relação com a parceira. “Não queremos rescindir nada. Os clubes que não respondem as notificações, que seguem descumprindo o contrato ao darem declarações”, explica. “O presidente do Santos chegou a dizer que tem uma reunião para rescindir o contrato”, emenda.

    “A verdade é que os clubes querem inverter uma posição que no fundo é deles. Estão tomando atitudes querendo isso (rescisão dos contratos)”, conclui o representante da Turner, garantindo que a crise mundial em razão do Coronavírus não afeta os planos em relação ao Campeonato Brasileiro.

    Os contratos em vigência com os clubes só terminam, em sua maioria, em 2024 e totalizam cerca de R$ 2,3 bilhões. Vale lembrar que tais vínculos dão à Turner o direito de transmitir em TV fechada todos os duelos no Brasileirão que envolvem pelo menos dois dos oito times.


    :seta: https://esportes.yahoo.com/noticias/tur ... 09348.html
    • 1
    • 102
    • 103
    • 104
    • 105
    • 106
    • 107

    MENSAGENS RECENTES

    Esse penúltimo episódio é uma[…]

    Peraí. Existe nego que não gosta de[…]

    PAREM DE ZICAR O GALO CARALHO! ANTES ELES DO QUE […]

    Binacional teve que jogar em Lima contra a LDU de […]



    O melhor conteúdo: seguro, estável e de fácil manutenção, desde 2012