O seu lugar para falar asneiras e discutir assuntos variados

 kuka
  •  478 posts
  •  

    Avatar do usuário

    Uma empresa faz de perder a principal fonte de lucro, linhas de produção, parque tecnológico e coligados da aviação comercial de médio porte com a justificativa de manter-se viva no mercado através de um terceiro, que associa a divisão como compra total dos direitos de produção e comercialização. Tem lógica?

    Onde a Embraer ganha com isso?

    Por lucro dos acionistas, é entregado de mão beijada um mercado inteiro de valor patrimonial pela pressão irrestrita dos investidores, de que valerá agora toda aquela pesquisa e desenvolvimento de anos atrás, e o investimento com subsídio governamental que ajudou no surgimento dessas aeronaves?

    A Embraer já é consolidada na comercialização de aeronaves civis de pequeno e médio porte. No que trás de bom essa parceria?, sendo ainda por cima uma empresa que só cresce? Onde isso ajudará no crescimento e mantimento dos empregos no país?, e quem garante que o pós prazo de assimilação, por corte de gastos, a matriz da boeing não desative as linhas de produção em território nacional?




    Boeing terá 80% das ações da nova empresa, enquanto a Embraer terá apenas 20%, sendo que o controle administrativo fica em cargo da Boeing.


    Embraer sem poder estratégico na "fusão" com Boeing

    A fusão das duas empresas foi anunciada em julho deste ano. A Boeing compraria 80% da divisão de aviões comerciais da Embraer, a terceira maior exportadora do Brasil, por 3,8 bilhões de dólares (quase 15 bilhões de reais). Uma nova companhia, chamada NewCo, seria criada na condição de joint venture para administrar a atividade. No entanto, dois pontos do negócio detalhado no memorando de entendimento têm causado preocupação ao MPT: a falta de poder de decisão estratégica da Embraer e o acordo para que quaisquer ações oriundas desse memorando sejam submetidas à justiça estadunidense. Para o procurador Rafael de Araújo Gomes, esses pontos representam "fortes indícios" de que a Boeing pretende levar a produção de aeronaves comerciais do Brasil para o exterior. “Fizemos uma estimativa, e pelo menos 26 mil empregos diretos ou indiretos podem ser extintos se isso acontecer. Não é demissão em massa, seria extinção para sempre. O prejuízo para a arrecadação brasileira também seria grande, porque a Embraer é a terceira maior exportadora do País”, afirma.

    O memorando deixa claro que "o principal objetivo da Embraer deter participação societária na NewCo seria o de receber dividendos declarados; a Embraer não teria controle da NewCo ou de suas operações e negócios". O documento ainda estabelece que a Embraer teria o direito de indicar um membro para o conselho da nova empresa, porém este atuaria apenas como observador. Além disso, reserva à Embraer o direito de consentimento em relação à transferência das operações existentes da NewCo ou mudança de sede para o exterior.

    Os que advogam pela fusão argumentam que as mudanças no cenário externo tornam o negócio importante para manter a competitividade da companhia brasileira, principalmente depois da parceria entre a sua maior concorrente no ramo de jatos médios, a canadense Bombardier, e a Airbus.

    https://brasil.elpais.com/brasil/2018/0 ... 59748.html

    :facecup: :facecup: :facecup: :facecup: :facecup: :facecup: :facecup: :facecup: :facecup: :facecup:


    É sério, qual o propósito dessa negociata?

    Alinhamento com o governo norte-americano? :rimbuk2:
    abdulzido  isso

     Bart_gda
  •  3929 posts
  •  

    Avatar do usuário

    A Boeing pagou praticamente nada na Embraer. Bem ridículo (e estranho) esse negócio.

     leonardo3567
  •  8862 posts
  •  

    Avatar do usuário

    deve ter algo militar secreto envolvido por tras disso

     Sudit
  •  43375 posts
  •  

    Avatar do usuário

    Parece o Corinthians fazendo negocio.

     abdulzido
  •  5109 posts
  •  

    Avatar do usuário

    acho que você acabou de descobrir o que significa o neoliberalismo entreguista nacionalista brasileiro.

     kuka
  •  478 posts
  •  

    Avatar do usuário

    Kar escreveu: elpais
    #Veja# serve pra você?

    Não tô aqui pra semear briguinha ideológica não amigo.

    Aqui ó



    Governo Bolsonaro aprova parceria entre Embraer e Boeing

    Empresa americana vai assumir o controle da divisão de aviões comerciais do grupo brasileiro, em negócio avaliado em 4,2 bilhões de dólares

    O governo do presidente Jair Bolsonaro deu o seu aval para a compra da divisão de aviação comercial da Embraer pela americana Boeing, em um negócio avaliado em 4,2 bilhões de dólares. O anúncio foi feito agora no início da noite, depois do fechamento dos mercados no Brasil e nos Estados Unidos. Embora não detenha o controle da Embraer, o governo brasileiro detém uma ação especial (golden share, em inglês) que lhe dava o direito de vetar o negócio.

    Pelos termos do acordo anunciado há um mês, será formada uma nova companhia que vai cuidar do desenvolvimento e da produção dos aviões comerciais da Embraer. A Boeing vai ter o controle dessa empresa e o equivalente a 80% do capital, e a Embraer ficará com os 20% restantes.

    O acordo aprovado por Bolsonaro prevê ainda uma parceria para a promoção comercial do KC-390, o avião militar de transporte desenvolvido pela Embraer. Nessa associação, a empresa brasileira terá o controle e 51% do capital.

    https://veja.abril.com.br/economia/gove ... -e-boeing/


    Mas se não servir, coloco o Antagonista tbm. :roll:
    Farofas  isso

     Mortal Kombat
  •  20876 posts
  •  

    Avatar do usuário

    O que a Embraer ganhar com isso?

    Se ela não se alinhar com a Boeing, a Airbus e Bombardier vão engolir a Embraer com os A220. Por sinal isso já está ocorrendo é só ver a compra de 120 A220 pela JetBlue.

    E é óbvio que a vai passar a ser fabricado nos EUA (Na verdade a Embraer já tem fábrica lá) assim como a Bombardier.
    Mucamo  isso

     Chrono
  •  25692 posts
  •  

    Avatar do usuário

    >entreguismo

    Ô, seu macaco do caralho, a Airbus vai comer Embraer se isso não acontecer, oras. O valor pago foi inclusive acima do que realmente valia a Embraer, sem contar que colocaram como premissas o não corte de verbas do ITA. Você ao menos leu que a Embraer prevê lucro baixo ou zero em 2019 e 2020?

    São 9000 empregos que a principio serão gerados com essa união, não me fode, doente.

    Nego torce pra dar errado antes de sequer entender o que vai acontecer.

     .Kiko.
  •  34479 posts
  •  

    Avatar do usuário

    Quem sou eu para rebater os especialistas do foro lol.

    O cucka deve estar certo mesmo.
    Mucamo  isso

     Chrono
  •  25692 posts
  •  

    Avatar do usuário

    .Kiko. escreveu: Quem sou eu para rebater os especialistas do foro lol.

    O cucka deve estar certo mesmo.
    :lolsuper:

    É só ver quem está contra no cenário político, ai você crava que é a melhor coisa que estão fazendo.

     Jordanes do Mar Jônico
  •  10797 posts
  •  

    leonardo3567 escreveu: deve ter algo militar secreto envolvido por tras disso
    óbvio, Boeing é um dos vários braços comerciais disfaçados do Industrial Military Complex americano.

     SixAxiS
  •  21467 posts
  •  

    Avatar do usuário

    abdulzido escreveu: acho que você acabou de descobrir o que significa o neoliberalismo entreguista nacionalista brasileiro.
    Moderação, cade o teste de QI pra cadastro no forum?

     Geraldo Grêmio
  •  31696 posts
  •  

    Avatar do usuário

    leonardo3567 escreveu: deve ter algo militar secreto envolvido por tras disso
    interesse no KC 390 e no super Tucano

     andershow
  •  16338 posts
  •  

    Avatar do usuário

    Ainda bem que li esse tópico do glorioso Kuka. Vou poder me preparar pro fim dessa empresa e pro fim do país.
    Corrupção, violência, saúde precária, economia em frangalhos, desemprego e educação pífia a gente até tolera e supera, agora vender uma empresa que talvez passe até a dar prejuízo não tem como.
    RIP Brazil.
    Mucamo  isso

     Mucamo
  •  20191 posts
  •  

    Avatar do usuário

    Só você entendeu o que está acontecendo com a Embraer, ninguém mais.

    Voce é bem diferenciado. Acho que você daria um otimo gestor. Dons bons.
    Rules  isso

     Soparalokos7
  •  15341 posts
  •  

    Avatar do usuário

    Chrono escreveu: >entreguismo

    Ô, seu macaco do caralho, a Airbus vai comer Embraer se isso não acontecer, oras. O valor pago foi inclusive acima do que realmente valia a Embraer, sem contar que colocaram como premissas o não corte de verbas do ITA. Você ao menos leu que a Embraer prevê lucro baixo ou zero em 2019 e 2020?

    São 9000 empregos que a principio serão gerados com essa união, não me fode, doente.

    Nego torce pra dar errado antes de sequer entender o que vai acontecer.
    Imagem

     Rlim
  •  12227 posts
  •  

    Avatar do usuário

    Se fosse intenção da Boeing fechar ou esvaziar a Embraer, ela não teria se associado a mesma. Mas sim teria expandido organicamente a sua produção justamente para concorrer com ela. Com a escala que possui, só a união entre Bombardier e Airbus faria frente.

    A Boeing se associou a Embraer justamente para cortar caminho e se aproveitar de todo o Knowhow da mesma no mercado de aviação de baixa e média capacidade. E nisto está incluso toda a estrutura que está no Brasil, já montada. Competitiva e testada. Inclusive com um arcabouço tributário e legal que favorece a mesma nesse país.

    A Embraer amiguinhos possui toda uma legislação desenhada pra ela no Brasil, com isenções e tudo mais. Exatamente por isso ela é tão competitiva. Só mobral acha que a empresa americana vai ignorar isso e transferir a produção. Aliás, dependendo do que ocorrer nos próximos anos, podemos chegar até mesmo ao ponto da Boing transferir para cá certas linhas de produção devido aos custos elevados para o faze-lo nos EUA. Principalmente linhas de menor capacidade. Justamente para se aproveitar da generosidade do governo brasileiro com a associada e do legado que esta já possui.

    Portanto achar que a Boeing vai pegar e transferir a estrutura da Embraer pros Estados Unidos por exemplo é de uma burrice sem tamanho.

    Ademais, nego acha mesmo que existia algum tipo de escolha pra Embraer?

    O mercado de aviação de pequeno e médio porte está lotando de concorrentes. Empresas japonesas, russas, chinesas, etc. a longo prazo isso já seria um complicador pra Embraer. Como se não bastasse, a principal concorrente se associou a uma das Big two e possui agora bilhões pra torrar em novos projetos, para baixar custos, além de obter toda uma influência no mercado que não tinha antes.

    Então ou era se associar a Boeing e igualar as condições de competição, ou definhar lentamente nos próximos anos. Com a associação com a Boeing a empresa brasileira vai ganhar quase todo o mercado americano de média e baixa capacidade de bandeja, afinal lá é terreno da Boeing. Portanto as duas vão se favorecer.

    Mais mercado, mais vendas, mais lucro, mais trabalho, mais impostos.

    Em pleno 2019 e nego acreditando nesse papo furado de entreguismo? PUTA QUE ME PARIU! Parece que voltei pra 1996 e to vendo um petista da CUT falar.

     Mortal Kombat
  •  20876 posts
  •  

    Avatar do usuário

    A real é que pode ser que vejamos um caso McDonnell Douglas 2.0, é mais fácil pra Boeing comprar a Embraer do que simplesmente começar um projeto de aviação regional, ainda mais que atualmente eles estão trabalhando no 777x e provavelmente em um futuro "797".

    Porem, não tem escolha para Embraer a não ser associar-se a Boeing. E não sei por que os "vermelhos" se preocupam tanto com a Embraer já que ela foi privatizado tem anos e antes da privatização ela era praticamente uma companhia falida que dava enormes prejuízos e com a privatização veio a se tornar a maior fabricante de jatos regionais.

    MENSAGENS RECENTES

    https://istoe.com.br/inocentado-de-estupro-ex-bbb-[…]

    https://www.youtube.com/watch?v=tpxGMmEZ6_g bolso[…]

    puta merda liguei a tv agr e só ta passand[…]



    O melhor conteúdo: seguro, estável e de fácil manutenção, desde 2012