O seu lugar para falar asneiras e discutir assuntos variados

 FooFighters
  •  6471 posts
  •  

    Vazou uma pesquisa do Goldman Sachs com alguns profissionais de Investment Banking.

    Os caras ganham bem, mas trabalham mais de 100 horas por semana em um ambiente bem estressante.

    Imagem

    Mais aqui:
    E então, fica a reflexão, se você pudesse, você estaria disposto a trabalhar nesse ritmo pra ganhar uma boa bolada?

    Dissertem
    Editado pela última vez por FooFighters em 16/04/2021, 17:16, em um total de 1 vez.

     Introspectivo
  •  28807 posts
  •  

    Avatar do usuário

    Fácil.

    No meu trampo pego todas as diárias extras possíveis. Infelizmente são só 2 ou 3 por mês.

    O que manda é $$, principalmente para quem não tem mulher e filhos.

    Se eu não fosse brainlet queria fazer medicina justamente por isso, não falta trampo se o cara quiser dá para enfiar a cara nos plantões e farmar muita grana.

    Sonho da porra ser um anestesista puxando um plantão atrás do outro e levantando 30k+ por mês.
    Editado pela última vez por Introspectivo em 16/04/2021, 17:09, em um total de 1 vez.

     Galt
  •  11631 posts
  •  

    Avatar do usuário

    só se for por 100kusd/mês

     Narva Triin
  •  2484 posts
  •  

    Avatar do usuário

    e imaginar que o klimt ainda tirava um tempo para trazer alegria para o forum lol. uma maquina!

     Introspectivo
  •  28807 posts
  •  

    Avatar do usuário

    Fora que pelo o que eu li nessa carreira de bancos de investimento ou o cara sobe rápido ou metem um pé.

    Então ou vc sobrevive tempo suficiente para praticamente aposentar antes dos 40 ou é demitido e da espaço para quem está com fome.

     Tigass
  •  22239 posts
  •  

    Avatar do usuário

    Eu trampo entre 80 a 100 horas por semana no meu jogo sem ganhar um centavo por isso, e sem saber se ele vai vender.

    Então, sim.

    Mas tem a diferença desse jogo ser projeto de paixão, realização de vida, sua cabeça funciona diferente, já trabalhando pesado mesmo teve épocas de quando estava fazendo meu pé de meia que trabalhava em 3 turnos diários de edição de vídeo (cerca de 5 horas cada um) e foi um lance que me deixou fisicamente mal, passava o dia inteiro tomando red bull pra ficar acordado e anoite zerava meia garrafa de uísque com diazepam pra conseguir dormir.

     Salieri
  •  33277 posts
  •  

    Avatar do usuário

    Não.

    Eu muitas vezes faço mais do que as básicas 8/9h por dia (e volta e meia trabalho final de semana, ainda mais quando estou agoniado com algo que quero terminar logo), mas nunca números tão absurdos assim. Work-life balance é muito importante pra mim, não vou me matar de trabalhar para depois não ter nem forças pra curtir minha vida fora do trabalho. Fora que esses trabalhos aí com certeza tu vai levar todo o estresse pra sua vida pessoal, então vai acabar cagando com tudo.

    Se tu tem negócio próprio, é normal tu se matar para manter teu negócio funcionando, mas trabalhar para os outros e basicamente deixar sua vida pessoal de lado só para focar no trabalho, não rola.

     FooFighters
  •  6471 posts
  •  

    Introspectivo escreveu: Fácil.

    No meu trampo pego todas as diárias extras possíveis. Infelizmente são só 2 ou 3 por mês.

    O que manda é $$, principalmente para quem não tem mulher e filhos.

    Se eu não fosse brainlet queria fazer medicina justamente por isso, não falta trampo se o cara quiser dá para enfiar a cara nos plantões e farmar muita grana.

    Sonho da porra ser um anestesista puxando um plantão atrás do outro e levantando 30k+ por mês.
    Acho que você aguentaria.

    Se pá pelo que já li sobre o seu trabalho, talvez você encararia a rotina e sairia feliz da vida.

     FooFighters
  •  6471 posts
  •  

    Galt escreveu: só se for por 100kusd/mês
    Um cara mais senior de IB que "deu" certo acho que consegue isso.

    Tira 1 milhão USD por ano ou mais

     FooFighters
  •  6471 posts
  •  

    Tigass escreveu: Eu trampo entre 80 a 100 horas por semana no meu jogo sem ganhar um centavo por isso, e sem saber se ele vai vender.

    Então, sim.

    Mas tem a diferença desse jogo ser projeto de paixão, realização de vida, sua cabeça funciona diferente, já trabalhando pesado mesmo teve épocas de quando estava fazendo meu pé de meia que trabalhava em 3 turnos diários de edição de vídeo (cerca de 5 horas cada um) e foi um lance que me deixou fisicamente mal, passava o dia inteiro tomando red bull pra ficar acordado e anoite zerava meia garrafa de uísque com diazepam pra conseguir dormir.
    Não quero ser presunçoso, mas o pessoal que trabalha em IB relata uma rotina que me parece bem mais complicada que a sua.

    Tipo, é negócio de ir dormir 3 da manhã e estar 6 da manhã no escritório fazendo PPT pra ouvir uns chefe escroto falando um monte de merda pra você, descontando um monte de estresse e outras diversas situações.

    Fora a competição dos colegas, gente pisando na cabeça do outro e etc.

    É um ambiente realmente hostil.

    Pelo menos é isso que leio de alguns relatos, nunca trabalhei com isso.

     FooFighters
  •  6471 posts
  •  

    Narva Triin escreveu: e imaginar que o klimt ainda tirava um tempo para trazer alegria para o forum lol. uma maquina!
    Se eu não to enganado, o Klimtao trabalhava com Equity Research, ou seja, pesquisa de empresas.

    Ele devia ter uma rotina estressante também, mas acho que não tanto quanto esse pelo que trabalha com Investment Banking.

     FooFighters
  •  6471 posts
  •  

    Salieri escreveu: Não.

    Eu muitas vezes faço mais do que as básicas 8/9h por dia (e volta e meia trabalho final de semana, ainda mais quando estou agoniado com algo que quero terminar logo), mas nunca números tão absurdos assim. Work-life balance é muito importante pra mim, não vou me matar de trabalhar para depois não ter nem forças pra curtir minha vida fora do trabalho. Fora que esses trabalhos aí com certeza tu vai levar todo o estresse pra sua vida pessoal, então vai acabar cagando com tudo.

    Se tu tem negócio próprio, é normal tu se matar para manter teu negócio funcionando, mas trabalhar para os outros e basicamente deixar sua vida pessoal de lado só para focar no trabalho, não rola.
    Isso sempre foi uma parada muito clara pra você?

    As vezes me sinto meio em dúvida entre ser um cara que quer Work Life Balance vs Trabalhar como um doente

    Talvez hoje eu esteja mais inclinado pra um lado mais work-life balance pq sinto que tive um leve burnout um tempo atrás

     Tigass
  •  22239 posts
  •  

    Avatar do usuário

    FooFighters escreveu:
    Salieri escreveu: Não.

    Eu muitas vezes faço mais do que as básicas 8/9h por dia (e volta e meia trabalho final de semana, ainda mais quando estou agoniado com algo que quero terminar logo), mas nunca números tão absurdos assim. Work-life balance é muito importante pra mim, não vou me matar de trabalhar para depois não ter nem forças pra curtir minha vida fora do trabalho. Fora que esses trabalhos aí com certeza tu vai levar todo o estresse pra sua vida pessoal, então vai acabar cagando com tudo.

    Se tu tem negócio próprio, é normal tu se matar para manter teu negócio funcionando, mas trabalhar para os outros e basicamente deixar sua vida pessoal de lado só para focar no trabalho, não rola.
    Isso sempre foi uma parada muito clara pra você?

    As vezes me sinto meio em dúvida entre ser um cara que quer Work Life Balance vs Trabalhar como um doente

    Talvez hoje eu esteja mais inclinado pra um lado mais work-life balance pq sinto que tive um leve burnout um tempo atrás
    Vale citar que ele está no Canadá, então lá há essa opção.

    Aqui no Brasil se você não herda um negócio da família, vai ter que rala raté sangrar ou vai morar num barraco cheio de móvel de aglomerado parcelado em 12x na Marabrás.

     frisson
  •  6246 posts
  •  

    Avatar do usuário

    trabalho menos de 40 horas por semana e continuaria assim a vida toda
    Mucamo  isso

     Salieri
  •  33277 posts
  •  

    Avatar do usuário

    FooFighters escreveu:
    Salieri escreveu: Não.

    Eu muitas vezes faço mais do que as básicas 8/9h por dia (e volta e meia trabalho final de semana, ainda mais quando estou agoniado com algo que quero terminar logo), mas nunca números tão absurdos assim. Work-life balance é muito importante pra mim, não vou me matar de trabalhar para depois não ter nem forças pra curtir minha vida fora do trabalho. Fora que esses trabalhos aí com certeza tu vai levar todo o estresse pra sua vida pessoal, então vai acabar cagando com tudo.

    Se tu tem negócio próprio, é normal tu se matar para manter teu negócio funcionando, mas trabalhar para os outros e basicamente deixar sua vida pessoal de lado só para focar no trabalho, não rola.
    Isso sempre foi uma parada muito clara pra você?

    As vezes me sinto meio em dúvida entre ser um cara que quer Work Life Balance vs Trabalhar como um doente

    Talvez hoje eu esteja mais inclinado pra um lado mais work-life balance pq sinto que tive um leve burnout um tempo atrás
    Talvez antigamente eu era mais disposto a trabalhar mais para fazer mais dinheiro, mas hoje em dia não tenho mais a mínima vontade de ficar me matando de trabalhar. Faço o melhor possível todo dia, não reclamo se preciso fazer "hora extra" (na real meu trabalho é bem flexível, desde que você entregue o que foi pedido, ninguém te cobra hora alguma) ou trabalhar final de semana, mas 100 horas por semana é insano.

    Obviamente que salário é uma coisa que a gente sempre quer ganhar mais, mas eu sinceramente não preciso ganhar tanto quanto esses caras em cargos altíssimos aí que mal tem vida pessoal para ser feliz.

     Tigass
  •  22239 posts
  •  

    Avatar do usuário

    FooFighters escreveu:
    Tigass escreveu: Eu trampo entre 80 a 100 horas por semana no meu jogo sem ganhar um centavo por isso, e sem saber se ele vai vender.

    Então, sim.

    Mas tem a diferença desse jogo ser projeto de paixão, realização de vida, sua cabeça funciona diferente, já trabalhando pesado mesmo teve épocas de quando estava fazendo meu pé de meia que trabalhava em 3 turnos diários de edição de vídeo (cerca de 5 horas cada um) e foi um lance que me deixou fisicamente mal, passava o dia inteiro tomando red bull pra ficar acordado e anoite zerava meia garrafa de uísque com diazepam pra conseguir dormir.
    Não quero ser presunçoso, mas o pessoal que trabalha em IB relata uma rotina que me parece bem mais complicada que a sua.

    Tipo, é negócio de ir dormir 3 da manhã e estar 6 da manhã no escritório fazendo PPT pra ouvir uns chefe escroto falando um monte de merda pra você, descontando um monte de estresse e outras diversas situações.

    Fora a competição dos colegas, gente pisando na cabeça do outro e etc.

    É um ambiente realmente hostil.

    Pelo menos é isso que leio de alguns relatos, nunca trabalhei com isso.
    Não é uma competição, não duvido não se estressante, mas fora da esfera de funcionarismo público quase todo trabalho que você ganha mais que a média vai lhe custar um pouco da carne, da alma e da sanidade.

    Por exemplo, IB é um setor que tem mercado e tals, experimenta trabalhar com comunicação, editoração, design e outros serviços não essenciais, a concorrência interna eu aposto que é MUITO maior, e não pra crescer, e sim pra manter o emprego, pois especialmente em épocas de crise, sempre há diminuições de staff e o canibalismo selvagem impera.

     FooFighters
  •  6471 posts
  •  

    Tigass escreveu:
    FooFighters escreveu:
    Salieri escreveu: Não.

    Eu muitas vezes faço mais do que as básicas 8/9h por dia (e volta e meia trabalho final de semana, ainda mais quando estou agoniado com algo que quero terminar logo), mas nunca números tão absurdos assim. Work-life balance é muito importante pra mim, não vou me matar de trabalhar para depois não ter nem forças pra curtir minha vida fora do trabalho. Fora que esses trabalhos aí com certeza tu vai levar todo o estresse pra sua vida pessoal, então vai acabar cagando com tudo.

    Se tu tem negócio próprio, é normal tu se matar para manter teu negócio funcionando, mas trabalhar para os outros e basicamente deixar sua vida pessoal de lado só para focar no trabalho, não rola.
    Isso sempre foi uma parada muito clara pra você?

    As vezes me sinto meio em dúvida entre ser um cara que quer Work Life Balance vs Trabalhar como um doente

    Talvez hoje eu esteja mais inclinado pra um lado mais work-life balance pq sinto que tive um leve burnout um tempo atrás
    Vale citar que ele está no Canadá, então lá há essa opção.

    Aqui no Brasil se você não herda um negócio da família, vai ter que rala raté sangrar ou vai morar num barraco cheio de móvel de aglomerado parcelado em 12x na Marabrás.
    Sim, estar no Canadá ajuda bastante com isso, mas acho que mesmo no Brasil tem gente que não aguenta por causa de um ambiente de trabalho que é geralmente mais insalubre do que lá fora

     Wukong SSJ
  •  4971 posts
  •  

    Avatar do usuário

    Facilmente.

    Já trabalho umas 60 horas por semana, pra 100 é suave.

     FooFighters
  •  6471 posts
  •  

    Tigass escreveu:
    FooFighters escreveu:
    Tigass escreveu: Eu trampo entre 80 a 100 horas por semana no meu jogo sem ganhar um centavo por isso, e sem saber se ele vai vender.

    Então, sim.

    Mas tem a diferença desse jogo ser projeto de paixão, realização de vida, sua cabeça funciona diferente, já trabalhando pesado mesmo teve épocas de quando estava fazendo meu pé de meia que trabalhava em 3 turnos diários de edição de vídeo (cerca de 5 horas cada um) e foi um lance que me deixou fisicamente mal, passava o dia inteiro tomando red bull pra ficar acordado e anoite zerava meia garrafa de uísque com diazepam pra conseguir dormir.
    Não quero ser presunçoso, mas o pessoal que trabalha em IB relata uma rotina que me parece bem mais complicada que a sua.

    Tipo, é negócio de ir dormir 3 da manhã e estar 6 da manhã no escritório fazendo PPT pra ouvir uns chefe escroto falando um monte de merda pra você, descontando um monte de estresse e outras diversas situações.

    Fora a competição dos colegas, gente pisando na cabeça do outro e etc.

    É um ambiente realmente hostil.

    Pelo menos é isso que leio de alguns relatos, nunca trabalhei com isso.
    Não é uma competição, não duvido não se estressante, mas fora da esfera de funcionarismo público quase todo trabalho que você ganha mais que a média vai lhe custar um pouco da carne, da alma e da sanidade.

    Por exemplo, IB é um setor que tem mercado e tals, experimenta trabalhar com comunicação, editoração, design e outros serviços não essenciais, a concorrência interna eu aposto que é MUITO maior, e não pra crescer, e sim pra manter o emprego, pois especialmente em épocas de crise, sempre há diminuições de staff e o canibalismo selvagem impera.
    Realmente, o pessoal que trabalha em agência tem umas histórias de horror.

    Mas eu acho que as histórias do pessoal do IB são piores ainda.

    Tem um caso que foi meio emblemático, como o caso do estagiário que morreu após 72 horas de trabalho ininterrupto no Bank of America Merrill Lynch

    https://www.theguardian.com/business/20 ... ad-inquest

    Inclusive, no outro dia o pessoal do Goldman Sachs e outros limitaram a quantidade de horas trabalhadas em 17 horas (pra dar um tempo de pelo menos umas 4 horas de sono, por aí) :lol: :lol: :lol:

    https://www.salon.com/2015/06/18/goldma ... rp_intern/

    Isso que eu nem imagino o quanto de humilhação deve ter de chefe cuzão cheio da grana que se sente um Deus nesses ambientes.

    E o pior, o pessoal da agência parece que conta as histórias que acontecem, já o pessoal do IB nem se manifesta pois parece ser tipo um clube da luta, onde só quem está dentro sabe das putarias e absurdos que acontecem.

    Agora pouco entrei num fórum de um pessoal que trabalha em Wall Street, tem um post de agora pouco de um cara querendo se suicidar

    https://www.wallstreetoasis.com/forums/ ... ng-suicide

     FooFighters
  •  6471 posts
  •  

    Acho que li no Reddit uma vez também de um cara que trabalhava em IB e quase nunca via a esposa por causa do trabalho.

    Descobriu que estava sendo chifrado faziam 10 anos.

    E se arrependeu de que nem foi no funeral do próprio pai por causa de trabalho.

    Quase se matou.

    Umas paradas bem tensas.

    MENSAGENS RECENTES

    Acertou? https://www.youtube.com/watch?v=JfR1daUi[…]

    comprei um fone JBL naquelas promos de 6 centavo[…]

    Respeita o Gil do Vigor e o Tchaki tchaki, seu[…]



    O melhor conteúdo: seguro, estável e de fácil manutenção, desde 2012