O seu lugar para falar asneiras e discutir assuntos variados

  • 1
  • 20
  • 21
  • 22
  • 23
  • 24
  • 26

 Wukong SSJ
  •  4091 posts
  •  

    Avatar do usuário

    Maltez escreveu:
    Wukong SSJ escreveu:
    Maltez escreveu:
    Cara, eu também achei que eles estavam inventando esse negócio de mundos pra poder sair de uma sinuca de bico, mas ficou claro que eu estava errado: Eles construíram isso desde o início da série.
    Como tu chegou nessa conclusão fi? Nada indica que isso era planejado desde o inicio.
    https://www.reddit.com/r/DarK/comments/ ... erse_clues
    Teorias apenas.

    Essa conclusão parece ter sido feita na reta final da segunda temporada, pela primeira temporada não vejo uma pista boa o suficiente indicando o que falei.

     Maltez
  •  15467 posts
  •  

    Avatar do usuário

    Wukong SSJ escreveu:
    Maltez escreveu:
    Wukong SSJ escreveu:
    Maltez escreveu:
    Cara, eu também achei que eles estavam inventando esse negócio de mundos pra poder sair de uma sinuca de bico, mas ficou claro que eu estava errado: Eles construíram isso desde o início da série.
    Como tu chegou nessa conclusão fi? Nada indica que isso era planejado desde o inicio.
    https://www.reddit.com/r/DarK/comments/ ... erse_clues
    Teorias apenas.

    Essa conclusão parece ter sido feita na reta final da segunda temporada, pela primeira temporada não vejo uma pista boa o suficiente indicando o que falei.
    Teoria? Tá viajando maluco?

     Wukong SSJ
  •  4091 posts
  •  

    Avatar do usuário

    Maltez escreveu:
    Wukong SSJ escreveu:
    Maltez escreveu:
    Wukong SSJ escreveu:
    Maltez escreveu:
    Cara, eu também achei que eles estavam inventando esse negócio de mundos pra poder sair de uma sinuca de bico, mas ficou claro que eu estava errado: Eles construíram isso desde o início da série.
    Como tu chegou nessa conclusão fi? Nada indica que isso era planejado desde o inicio.
    https://www.reddit.com/r/DarK/comments/ ... erse_clues
    Teorias apenas.

    Essa conclusão parece ter sido feita na reta final da segunda temporada, pela primeira temporada não vejo uma pista boa o suficiente indicando o que falei.
    Teoria? Tá viajando maluco?
    Sim, teorias.

    Sabe o motivo?
    as datas diferentes, o calendário, até os dedos da martha, podiam indicar outra linha do tempo com os mesmos personagens. Esse terceiro mundo, em que os personagens em grande parte não existem, pode sim, como eu disse, ser uma ideia da reta final da segunda temporada.

    Até agora não vi uma pista que realmente indicasse pro terceiro mundo surgindo pra resolver tudo.

    O que vi são pistas de outras linhas do tempo possíveis, e isso já sabíamos, visto que sabe se lá quantas vezes era possível o primeiro Jonas ter viajado no tempo até virar Adam

     otzy
  •  6084 posts
  •  

    Avatar do usuário

    Gostei demais, muito mesmo.

    Vou ler os comentários agora, mas não vou me surpreender se no fórum mais amargo da internet a galera não tiver gostado.

     -BruceLindo
  •  633 posts
  •  

    Avatar do usuário

    Ep05 da 3ª temporada é foda p/ caralho PQP

     Jordanes do Mar Jônico
  •  11888 posts
  •  

    Avatar do usuário

    otzy escreveu: Gostei demais, muito mesmo.

    Vou ler os comentários agora, mas não vou me surpreender se no fórum mais amargo da internet a galera não tiver gostado.
    acho que todo mundo gostou, mas assim como Ozard S03, DARK S03 saiu num contexto já da série Modinhazada com as massas, então faltou coragem de manter uma atmosféra menos POP em alguns momentos. achei que o ep 5 6 e 7 pecou na direção de fotografia, e que teve uns efeitos especiais que ficaram tosqueira nessa season.

    se tirar a franjinha/atuações da Martha como Martha terra 2 nessa temporada, ja melhora uns 70%, o resto foi uma qualidade menor na direção de fotografia desses EPs que eu falei, e as faltas de explicações principalmente de como a Claudia descobriu a terra 3, de como a maquina funciona pra ir pra terra 3 aka original.

    a Claudia tirou do cú a informação?

     Maltez
  •  15467 posts
  •  

    Avatar do usuário

    Essa dai de como a claudia descobriu o 3 mundo eu nao faço a menor ideia. Tentaram explicar sob do ponto de vista da triqueta talvez, mas não ficou convicente.

     camaleão
  •  1792 posts
  •  

    Avatar do usuário

    Já pode postar sem spoiler ne
    fodase

    A claudia percebe por meio de observação.
    Como já falei, ela foi a única que passou os ciclos nos dois mundos, vendo como tudo acontecia e sempre acabava, e sempre se aproveitando da terra parada pra voltar e ensinar a ela mesma e evoluir. (inclusive enganando e matando a ela mesma do mundo 2)

    Na cena que ela fala com o tronte explica tb.
    A motivação dela era salvar a regina e só.
    Mostra ela se dando conta que a regina morre nos dois mundos, mostra ela olhando a árvore genealógica e percebendo que sem a galera derivada de Marta e Jonas, ainda existe ela, ainda existe Regina, e seria uma possibilidade delas viverem... Um mundo sem jonas, um mundo sem marta.
    Eles eram o erro na matrix.
    Por isso precisava ser eles a viajar, por isso ela precisou de tanto tempo e que tudo se encaixasse pra finalmente contar pro Adam.

    Jonas sempre foi burrão
    Marta estava cega e obcecada em defender o filho e a ela mesmo.. Eva foi mais esperta que o Adam, (que nunca nem percebeu isso da terra parar nanossegundos) mas obcecada em manter tudo como sempre foi.

    Poderiam sim dedicar mais tempo a isso. Senti falta tb.


    Agora isso de como a máquina funciona pro 3 mundo, nunca pensei tb :lolsuper:
    Mas se for entrar nessa discussão nem rola série, pq nenhuma máquina faz sentido, tirando a do adam que cria a bola preta e te manda pra qualquer data.
    Todas as outras não mostra se é tipo um quebra-cabeça, um jutsu ou só com a força do pensamento e intenção :lol:

    Se explicassem isso desde o começo entregariam o plot no primeiro episódio ou criariam uma resolução ex-machina no final.
    Se tivesse uma chave seletora na pokebola ia ser muito cringe que ninguém percebeu..
    E se claudia criasse uma máquina do tempo diferente no último episódio, a galera ia cair matando que é ex-machina, overpower, mirabolante, que os roteiristas se perderam e o krl a 4

    enfim...
    Eu acho que eles foram geniais do começo ao fim. Conseguiram amarrar várias teorias quânticas numa trama e deixando isso bem exemplificado.
    Usaram muito da teoria da relatividade e acho isso fantástico.

    Espero que ganhem alguns prêmios
    menos efeitos visuais que concordo com o jordanes, desde a primeira temporada, nunca foi o forte deles.
    Mucamo  isso

     Sudit
  •  45829 posts
  •  

    Avatar do usuário

    Edit- esqueça este post que não tinha nada a ver
    Editado pela última vez por Sudit em 07/07/2020, 13:25, em um total de 1 vez.

     LEONARDO SCCP
  •  50279 posts
  •  

    Avatar do usuário

    Nem levo mais a sério, cara

     Sudit
  •  45829 posts
  •  

    Avatar do usuário

    Sudit escreveu: Edit- esqueça este post que não tinha nada a ver

    Fui rever a cena, esqueça essa minha duvida pq não é isso que a série diz, mas seria mais inteligente se fosse...

    Pq a justificativa da série é mais estupida ainda.

    Simplesmente ela deduziu que existiria um outro mundo, no qual a Regina vive (????) pela ligação entre os personagens?
    E que a Regina tinha uma origem não ligada aos outros personagens? Ue, a cidade só tinha esse grupo de pessoas para ser analisado?

    Como ela pode deduzir que num mundo original, a Regina viveria?

    E como caralho pode ter descoberto a existencia de um mundo original, apenas olhando a origem dos personagens que foram criados com viagens temporais? Isso não quer dizer nada.

    Minha ideia do post anterior faria mais sentido, Claudia descobrisse que aquele mundo apenas as anomalias restariam, enquanto o resto acabava morto, por isso aquele mundo era uma anomalia e deveria existir um mundo real.
    Só olhar para a arvore dos personagens e deduzir o mundo, sendo ela mesma não fazendo parte dessa anomalia, porem uma das principais viajantes do tempo e criadora do que estava acontecendo, é meio sei lá.


    E o que tbm não encaixa, como Claudia foi pro futuro do Adam depois de matar Martha?
    Se tivesse acesso facil a essas coisas, pq Adam não foi para o futuro ver se seus planos daria certo?
    E como Claudia está viva se ela foi morta? Ou ela no futuro que arruma o ciclo, é uma Claudia do passado antes de ser morta?
    Editado pela última vez por Sudit em 07/07/2020, 13:25, em um total de 1 vez.

     Sudit
  •  45829 posts
  •  

    Avatar do usuário

    Só completando meu raciocinio...

    Seria mais "inteligente" se a série definisse que a viagem no tempo estava limitado apenas as "anomalias".
    O problema que meteram na temporada anterior personagens fora desse ciclo viajando pelo tempo.

    Se a viagem de tempo estivesse limitada apenas as anomalias, se podia observar a arvore de persoangens e deduzir que são eles a razão desse loop infinito, e que haveria um mundo original que mantivesse sua continuidade sem a interferencia deles.
    E esses mundos as pessoas teriam possibilidade de viverem, já que a destruição foi causada pelas anomalias.

    Mas como não dá para fazer isso já que a própria Claudia é viajante e influenciadora entre os mundos...
    Meteram uma dedução completamente superficial que encaixasse todos os personagens e pudesse ter um final para a série, com uma descoberta do nada de um terceiro mundo.

    E principalmente, descoberta de como caralho entrar nesse mundo original.

     Sudit
  •  45829 posts
  •  

    Avatar do usuário

    Então, recapitulação de como eu faria para corrigir as inconsistencias da série, ou pelo menos criar um caminho que pudesse explicar um final:

    -Primeiro que somente as anomalias pudessem viajar pelo tempo, com isso na dedução final de um mundo original, se observaria a arvore de personagens e encontrasse um padrão que aqueles que criaram e manipularam o loop infinito, foram personagens que não deveriam existir por consequencia de suas origens fora de uma linha temporal estavel.

    -Charlotte deveria ser a chave para todo o mistério, a existencia dela é a origem do loop, da perda do filho e neta do cientista maluco.
    E ao analisar ao final da série as ramificações, sempre chegaria a existencia dela, e consequentemente se entenderia que a divisão dos mundos se criou pela necessidade do cientista de reaver sua neta que nunca foi encontrada.
    Isso obviamente na série não foi feito, Charlotte acaba sempre sendo uma personagem secundária e a origem dela apenas um plot twist no final da 2a temporada.

    -Sendo Charlotte a chave para os problemas, se encontraria nas atitudes do Adam e Eva uma tendencia de sempre conceber ela. De repente colocassem que ela é filha de ambos, mas ai teria que mudar toda a história.
    Mas o fato que a história foi voltada apenas no Adam e Eva, a conclusão da Claudia no final foi basicamente tirada do cu, apenas para finalizar a série. Uma Charlotte sendo a razão das ações de Adam e Eva nos loops infinitos, se conseguiria rastrear a origem do problema, que é o cientista e a perda do seu filho e neta.

    -Caso o filho e neta não tivessem morrido, a necessidade da existencia da Charlotte não seria necessario, e pronto, desfez o nó. Final bem mais coerente, juntando todas as peças do quebra cabeça.

    -Algumas ações da Hanna e Catherina, não deveria ter existido. Essa Hanna deve ser alguma atriz famosa ou mulher do produtor, pq há uma insistencia em colocar ela como peça importante em capitulos durante as 3 temporadas que não foi brincadeira. E episodios criados apenas para ela, pq não trazem nenhum adicional para a história geral, ou até trazem, mas nada que não pudesse ter sido adicionado de outra maneira.


    -Então, com Charlotte sendo a peça central, as anomalias responsaveis pela viagem do tempo e consequentemente manipulação do tempo, Claudia, que tbm seria uma anomalia, descobriria a origem dos problemas. Porem Claudia tbm teria que sacrificar sua existencia, isso daria um sentido da razão dela manter todos os acontecimentos, ou tentaria explicar. Pq ela podia muito bem decidir encontrar o Jonas e guia-lo para o mundo real, pulando etapas. Mas se ela fosse uma anomalia tbm, se podia dar uma justificativa que ela não podia fazer isso, tinha que seguir o caminho das anomalias até o final...

    Ai todas as anomalias desaparecem, e o mundo segue seu rumo.


    Sei lá, são umas mudanças simples que fiz no plot, e acho que teria sido mais interessante assim.

     Sudit
  •  45829 posts
  •  

    Avatar do usuário

    Outro ponto de incoerencia que fiquei pensando agora a tarde quando ia fazer compras, é sobre o Barthoz.

    Barthoz não é fruto de uma anomalia, tanto a mãe quanto o pai era reais.
    Ok que se pode justificar a falta de existencia dele pelos detalhes movido pelas anomalias. A Regina nunca estaria naquele bosque naquele momento para salvar o Aleksander, e Aleksander nunca iria trabalhar na usina nuclear pq esta não existira. E a Claudia nunca seria presidente da usina.

    Mas se o futuro dos personagens são alterados por acontecimentos causado pela viagem, ninguem dos "originais" existiriam.
    Claudia nunca teria tido Regina, mesmo que a historia cria um pai misterioso para não explicar inconsistencia de existencia dos personagens finais, a historia da Claudia é afetada diretamente pelo Tronte e principalmente pelo pai e sua usina nuclear.

    Se Tronte e a usina nunca existiram, Claudia ter tido a Regina é impossivel.
    Assim como foi "impossivel" Regina conhecer o Aleksander e consequentemente Barthoz nascer.

    Correto na cena final seria Regina estar com o Aleksander, e justificar que mesmo sem a influencia de viagem temporal, os 2 iriam se encontrar e ter um filho.
    Considerando que toda a influencia temporal foi apagada, e consequentemente o rumo de todo o mundo mudou, Regina não deveria ter nascido. E provavelmente nenhum dos outros personagens, pq todo mundo daquela cidade teve influencia da usina nuclear, que não era para existir.


    Edit- então, recapitulando.
    Se não existisse o paradoxo temporal, a mãe da Claudia nunca teria tido relação lesbica com a Agnes, seu pai nunca teria tido relação com a Hannah, nunca teriam se separado e Claudia nunca teria se tornado uma mulher empoderada moderna mãe solteira, perdendo a virgindade com 14 anos pq Tronte não teria nem existido tbm.

     Mortal Kombat
  •  22614 posts
  •  

    Avatar do usuário

    Olha o que o @A Amadora da Gavea postou aqui antes de a terceira temporada começar que vão perceber que eles já tinham em mente essa ideia de três mundos lá na primeira temporada. Eu particularmente gostei muito e acho que ela entra no meu top 5 de séries.

    E acho que ninguém comentou aqui, mas provavelmente os personagens tem Síndrome de Waardenburg talvez pelos incestos e isso explicaria a surdinha, o lábio leporino e a heterocromia.

    Eu já achava que os caras tinham um esmero muito bom no casting, mas fiquei surpreso em saber que o Peter novo é filho do Peter velho :lol: :lol:
    camaleão  isso

     Paum cum Çalãmi
  •  12148 posts
  •  

    Avatar do usuário

    Gostaria de complementar as brilhantes explanações do usuário @camaleão sobre a Claudia.
    Quando terminei a série em um primeiro momento, também achei forçoso como a Cláudia poderia saber tanto da terceira dimensão. Porém, é preciso entender que, assim como a Eva, ela também tinha noção do emaranhamento quântico.

    A Claudia se aproveitou desse emaranhamento para acumular conhecimento ao longo dos ciclos. Em toda a fase do ciclo, ela descobria algo novo, envelhecia e repassava a informação para a sua versão mais jovem. Esse comportamento, por sua vez, gerava uma nova realidade: temos uma personagem que detém mais conhecimento que a sua versão anterior e isso poderia gerar um efeito cascata imprevisível. Para manter o controle da história, a velha Claudia orientava a sua versão mais nova para que tudo ocorresse da mesma forma como sempre ocorreu.

    Não temos apenas duas realidades no ciclo, uma onde o Jonas vive e outra, não; são, na verdade, infinitas realidades onde cada Claudia detém mais conhecimento que sua versão anterior.

    Isto, por sua vez, nos leva a um questionamento epistemológico: se não existem limites para o acúmulo do conhecimento e dispomos de tempo infinito para acumulá-lo, atingiríamos a verdade algum dia?

    Claudia Tiedermann demonstra que sim.
    • 1
    • 20
    • 21
    • 22
    • 23
    • 24
    • 26

    MENSAGENS RECENTES

    Flamengo x Atlético-MG

    o mengao acabou :) :pray: :pray: :pray: :pray[…]

    2020 e os cara se deixando enganar por foto de i[…]

    Em 2016 fiz entrevista pro ML Me reprovaram p[…]

    :lolsuper: . Caralho, gargalhando eu tbm um […]



    O melhor conteúdo: seguro, estável e de fácil manutenção, desde 2012